Sem perder tempo, Netflix vende camisetas de Round 6 em site oficial

Calcada no capitalismo, a empresa comercializa produtos licenciados da grande série do momento

Publicado em 05/10/2021 21:28
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Olha a Netflix capitalista aí, gente! Sem perder tempo, a gigante do streaming colocou à venda uma coleção de camisetas e blusa com estampas de Round 6, drama sul-coreano que caminha para ser a série mais vista da história da empresa. No momento, as peças só estão sendo comercializadas nos Estados Unidos.

Na loja oficial online (clique aqui), a Netflix disponibiliza nove camisetas e uma blusa aos clientes interessados em um produto licenciado de Round 6. Os itens vem com estampas que remetem aos jogos da trama. 

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Por enquanto, o conjunto de moletom verde usado pelos jogadores e o macacão vermelho rosado dos operários, desejos de muitos fãs da atração, só são encontrados em comércios não oficiais. Nos EUA, essas roupas prometem ser a sensação do Dia das Bruxas, a ser realizado no último dia deste mês.

As camisetas mais baratas saem por US$ 34,95 (R$ 191,52). A peça mais cara é a blusa, por US$ 49,95 (R$ 273,72). 

Os desenhos são variados. O cliente pode escolher se na camiseta a estampa será com o logo da série em coreano ou em inglês. Tem opções em que até o número do jogador pode ser alterado: 001, 067, 218 ou 456. Uma vestimenta em especial traz cinco dos seis jogos estampados (menos o da bolinha de gude).

O capitalismo faz parte do jogo da vida real e a Netflix faz o dela ciente de que haverá muita gente pirateando a marca. Então, por que não vender o produto próprio e mantê-lo em casa? A ironia é que Round 6 tem como uma das principais críticas explicitas na trama a luta desigual imposta na sociedade pelo capitalismo.

Nos EUA, a loja oficial online da Netflix foi lançada em junho. A ideia é expandir, em breve, a operação para outros países.


Siga o Observatório de Séries nas redes sociais:

Facebook: ObservatorioSeries

Twitter: @obsdeseries

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio