Veja 6 segredos de Grey’s Anatomy expostos em livro bombástico

Briga de soco e Sandra Oh na pele de Miranda estão entre as revelações da obra, lançada nesta terça (21)

Publicado em 21/09/2021 14:29
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Com a promessa de contar detalhes inéditos sobre os bastidores de Grey’s Anatomy, o livro How to Save a Life: The Inside Story of Grey’s Anatomy (Como Salvar uma Vida: Por dentro da História de Grey’s Anatomy, em tradução livre) foi lançado nesta terça-feira (21), nos Estados Unidos. Em 320 páginas, a obra cumpre a palavra.

A autora Lynette Rice, jornalista, ouviu atores e atrizes do drama médico, produtores, roteiristas e a própria Shonda Rhimes, criadora da atração. Os 14 capítulos do livro trazem histórias narradas em primeira pessoa por quem testemunhou os fatos.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Alguns bafos a imprensa teve acesso antes do livro chegar às livrarias, como o mau comportamento de Patrick Dempsey e a verdade sobre a saída de Katherine Heigl. A obra revela segredos saborosos iguais a esses dois. 

Confira abaixo seis segredos de Grey’s Anatomy

Sandra Oh seria Miranda Bailey

Escolher Ellen Pompeo como protagonista, na pele da então residente Meredith Grey, foi fácil. Em um almoço, Shonda convenceu a atriz a aceitar o protagonismo da narrativa. Montar o elenco de apoio foi mais complexo.

Inicialmente, Sandra Oh foi escalada para viver Miranda Bailey (personagem que ficou com Chandra Wilson). Sandra não sentiu que esse seria o melhor papel para ela, pois estava interessada em interpretar uma antagonista. Daí veio a Cristina Yang.

Rob Lowe no lugar de Patrick Dempsey

Peter Horton, que dirigiu o primeiro episódio de Grey’s Anatomy, contou para o livro que a rede ABC, que transmite a série para os EUA, queria o ator Rob Lowe na pele do cirurgião Derek Shepherd. O ator, porém, acabou optando por aceitar trabalhar em outra série, chamada de Dr. Vegas –cancelada após cinco episódios.

Lowe se defendeu dizendo que a oferta do drama da rede CBS foi melhor do que a de Grey’s. O McDreamy caiu no colo de Dempsey, mesmo após a resistência de alguns executivos. 

Patrick Dempsey em episódio de Grey’s Anatomy (Divulgação/ABC)

Ellen Pompeo recusou par romântico com Isaiah Washington

Isaiah Washington (o médico Preston Burke) queria ser o McDreamy. No livro, Washington falou sobre um rumor da época do qual Ellen teria recusado viver um par romântico com ele, “pois ela namorava um homem negro na vida real“, explicou o ator. 

Washington continuou: “Eu acredito que ela não queria criar uma situação na qual o namorado a visse em uma cena de amor comigo. Ela se sentiria desconfortável. E eu aceitei aquilo numa boa.

Briga de soco

Houve um incidente nos estúdios de gravação de Grey’s Anatomy tão inesquecível que quem viu com os próprios olhos não esquece a data. Segundo fontes ouvidas pelo livro, em 9 de outubro de 2006 uma briga de soco rolou entre Patrick Dempsey e Isaiah Washington. 

Washington perdeu a calma ao ver que Dempsey, mais uma vez, chegou atrasado para trabalhar. “Eles começaram a discutir e, num estalar de dedos, os dois estavam se atracando“, comentou Mark Wilding, um dos roteiristas da série. Katherine Heigl e James Pickens Jr. foram as pessoas que separaram os dois brigões.

Patrick Dempsey tocando o terror

Depoimentos no livro acusam Patrick Dempsey de “aterrorizar as gravações“. A mística do bom mocismo do ator foi pintada e desmistificada em um capítulo inteiro da obra. O produtor James D. Parriott, contratado justamente para tentar domar Dempsey, falou que “alguns atores ficaram traumatizados por ter de lidar com ele [Dempsey] diariamente.

Saída de Katherine Heigl

No auge da fama, Katherine Heigl (a Izzie Stevens) largou Grey’s Anatomy quando ainda faltava um ano e seis meses de contrato. Essa saída é uma das que mais tem versões sobre o que realmente aconteceu. O livro apresenta os eventos mais precisos de que se tem notícia.

Uma pessoa anônima que lidou com o caso foi franca: “Há dois lados nessa história. Katie [apelido de Katherine] foi massacrada por se posicionar, ter opinião, por ser bem-sucedida e não ser puxa-saco“. A atriz não se dava bem com Shonda, que quase matou a Izzie. No final das contas, a personagem deixou a série viva e não foi retirada do universo da trama.


Siga o Observatório de Séries nas redes sociais:

Facebook: ObservatorioSeries

Twitter: @obsdeseries

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio