Saiba o verdadeiro motivo da saída de Patrick Dempsey de Grey’s Anatomy

Livro bombástico conta histórias inéditas da série; ator foi acusado de "aterrorizar as gravações"

Publicado em 16/09/2021 14:56
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O ator Patrick Dempsey deixou Grey’s Anatomy, em 2015, por causa de mau comportamento, estafa e desentendimento com Shonda Rhimes, a criadora da série. É o que revela um livro bombástico sobre os bastidores do drama médico. A obra não oficial dedica um capítulo inteiro para relatar a despedida do intérprete do cirurgião Derek Shepherd.

Programado para ser lançado nos Estados Unidos na próxima terça-feira (21), o livro intitulado de How to Save a Life: The Inside Story of Grey’s Anatomy (Como Salvar uma Vida: Por dentro da História de Grey’s Anatomy, em tradução livre) expõe em 320 páginas histórias nunca antes contadas.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Escrito pela jornalista Lynette Rice, a publicação tem como proposta relembrar momentos impactantes da série, tudo contado por pessoas que fizeram parte da atração. A saída de Patrick Dempsey/morte de Derek Shepherd talvez seja o acontecimento mais relevante de todos.

Ellen Pompeo e Patrick Dempsey em cena de Grey’s Anatomy

Caiu a máscara do bom moço

O site The Hollywood Reporter antecipou o oitavo capítulo da obra e o publicou na íntegra, nesta quinta-feira (16). Os relatos vão desde testemunhas do bom mocismo de Patrick Dempsey atrás das câmeras até uma virada nessa personalidade, mais bruta e grossa com quem estava ao redor. Quando houve um choque com Shonda, foi o fim dele na série.

De propósito, Shonda criou um personagem perfeito em Grey’s Anatomy, chamado de Derek Shepherd. O produtor Eric Buchman contou para o livro que “era importante para Shonda que Derek fosse o amor ideal para a audiência, não apenas para Meredith [Grey, vivida por Ellen Pompeo e par romântico do cirurgião na trama].”

Segundo Buchman, Shonda não permitia que ninguém criasse uma história que manchasse a reputação de Derek, seja um erro médico, bebedeira, um podre que ressurgisse do passado… Nada. 

Ela era muito insistente em manter uma imagem positiva do personagem. “Ele era sim um homem ideal. Foi o que a Shonda construiu“, concordou Dempsey, em depoimento para a autora Lynette.

O desgaste do tempo causou um ruído nas relações de Dempsey com a equipe de produção e entre os colegas. A quebra de vez foi durante a 11ª temporada, que começou a ser gravada em 2014, quando Dempsey ficou ausente de vários episódios de Grey’s Anatomy. 

Foi a primeira temporada que eu não apareci em todos os episódios“, falou o ator. “Estive em todos os capítulos desde a estreia, perto dos 250 [capítulos].”

Naquele ano, o comportamento de Dempsey nos bastidores passou a ser agressivo. Não fisicamente, mas moralmente falando. Ele chegava atrasado para as gravações, irritava a produção e tomava outras atitudes deselegantes. A série contratou um produtor executivo só para tentar descascar esse abacaxi.

Patrick Dempsey com Ellen Pompeo em Grey’s Anatomy

Escrevendo a morte

James D. Parriott foi o produtor contratado. “Havia problemas tipo de HR [Recursos Humanos]”, explicou Parriott para o livro. “Não tinha nada de teor sexual ou coisas do tipo. Ele [Dempsey] estava causando um terror nos estúdios de gravação. Alguns atores ficaram traumatizados por ter de lidar com ele diariamente.”

O produtor notou que o protagonista estava cansado de atuar na série, “era inconveniente para ele ir para o trabalho todo dia“, detalhou. E tinha mais: “Ele e Shonda não se bicavam mais.”

Uma pessoa que trabalhou durante longos anos em Grey’s Anatomy compartilhou, de forma anônima, algo que Dempsey lhe contou naquela época: “Eu deveria ter saído junto com a Sandra [Oh, que saiu no final da décima temporada]. Mas aí eles [rede ABC] me deram uma montanha de dinheiro. Eles simplesmente despejavam dinheiro em mim.”

No livro, Dempsey confessou que o dinheiro fez ele assinar um contrato de dois anos, após a décima temporada, porque a oferta era muito boa para recusar. Só que os problemas nos bastidores aumentavam, até chegar na Shonda e ela decidir, no meio do acordo, matar o personagem do ator, indo contra as convicções que ela tinha em outrora.

Mas era preciso manter uma certa coerência em meio a raiva. Derek não poderia simplesmente viajar sem dar notícias, abandonar a família. Isso não era do feitio dele. A morte, por mais trágico que parecesse, foi tratada como a melhor opção. O acidente fatal de carro foi exibido no 21º episódio da 11ª temporada.

Cinco anos depois, as feridas do passado foram curadas e Dempsey aceitou voltar a atuar em quatro episódios de Grey’s Anatomy, na 17ª temporada. Ele apareceu em visões de Meredith, em uma praia.


Siga o Observatório de Séries nas redes sociais:

Facebook: ObservatorioSeries

Twitter: @obsdeseries

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio