The Big Bang Theory (Fonte: Reprodução)
The Big Bang Theory (Fonte: Reprodução)

Embora The Big Bang Theory tenha se encerrado com um emocionante series finale em 16 de maio de 2019, os episódios mais antigos da popular comédia nerd continuam sendo amados por milhões de fãs.

Dado ao grande sucesso da série, que terminou sua 12ª e última temporada como o programa de entretenimento mais visto dos Estados Unidos, é difícil imaginar por que a série vencedora do Emmy terminaria ainda no auge.

Bem, existe um motivo para isso e, ironicamente, é um dos motivos pelos quais a série fez tanto sucesso: Jim Parsons. O ator, que interpreta o Dr. Sheldon Cooper, aparentemente optou por não renovar seu contrato.

Embora o The Hollywood Reporter afirme que a CBS e os produtores da Warner Bros. estavam conversando sobre uma potencial 13ª temporada, Jim Parsons estava pronto para seguir em frente.

“Foi a primeira vez na minha vida fazendo esse programa que me ocorreu que eu poderia querer não fazer outro contrato após o término da (temporada) 12”, revelou o ator para o Entertainment Weekly.

“Eu não sei se é porque eu sou de Áries ou apenas porque talvez eu esteja em contato comigo mesmo”, continuou o astro. “Seja o que for, uma vez que tive esse pensamento, pensei: ‘Bem, essa é a sua resposta'”.

“Não há motivo negativo para parar de fazer Big Bang. Parecia que conseguimos fazer isso por tantos anos, que não havia mais para explorar”, explicou. “Não que não pudéssemos continuar fazendo, mas parecia que havíamos mastigado toda a carne desse osso”.

Ao saber que Jim Parsons ficaria de fora pela primeira vez em 12 anos, o criador da série, Chuck Lorre, sabia que The Big Bang Theory simplesmente não poderia continuar sem Sheldon Cooper.

“Eu não conseguia entender a ideia de continuar sem todo o conjunto; todo o conjunto é o motivo pelo qual conseguimos fazer a série”, disse Chuck ao The Hollywood Reporter. “Separá-la e abordá-la como uma fração nunca me pareceu certo”.

Chuck Lorre sabe bem sobre o que estava falando. Ele também é o criador de Two and a Half Men, que viu Charlie Sheen se despedir do protagonismo do show, dando espaço para a chegada de Ashton Kutcher. A série prosseguiu por algumas temporadas, mas não foi mais a mesma.

Assim, The Big Bang Theory, que registrou um total de 279 episódios, chegou ao fim após 12 anos. Pelo lado positivo, Jim ainda está muito envolvido como produtor executivo e narrador do spin-off da série, Young Sheldon, que segue a infância do brilhante cientista ficcional.