Patrick Stewart como jean-Luc Picard em Star Trek: Picard (Fonte: Reproução)
Patrick Stewart como jean-Luc Picard em Star Trek: Picard (Fonte: Reproução)

O hype para Star Trek: Picard foi enorme em sua estreia no início deste ano, com os fãs da franquia enlouquecidos por ter Patrick Stewart de volta como Jean-Luc Picard depois de quase 20 anos. E embora o programa definitivamente tenha muitos fãs, ele recebeu uma recepção semelhante a Star Trek: Discovery, em que algumas seções do fandom não aderiram a sua abordagem mais madura e contemporânea para a franquia e as personagens clássicas.

Isso pode explicar a queda abrupta de espectadores que aparentemente ocorreu com o desenrolar da primeira temporada de Picard. Embora a CBS All Access ainda não tenha revelado os números oficiais, foi declarado que a estreia de Picard ganhou as maiores avaliações de qualquer programa do serviço de streaming estadunidense até o momento. No entanto, o Giant Freakin Robot afirma que o episódio final, em comparação, atraiu 45% menos espectadores.

Então, quase 50% dos fãs nos EUA desistiram da série no decorrer da temporada de estreia. Obviamente, algum tipo de declínio é esperado, mas esse tipo de queda não é um bom sinal. O site nota que esta informação não é corroborada por uma segunda fonte ainda, mas parece corresponder ao lapso de espectadores canadenses na série que foi revelado por meio de números oficialmente divulgados.

1,8 milhão de canadenses assistiram ao episódio de estreia de Picard, mas 30% já haviam deixado a série pelo episódio 5, reduzindo o número para 1,3 milhão. Não temos nenhuma classificação para o episódio 10 no momento, mas você pode imaginar (com base nessa trajetória de queda) que houve uma queda semelhante de 50% ao longo da temporada, assim como o que aparentemente aconteceu com os espectadores dos Estados Unidos.

Independentemente dessa queda, a 2ª temporada de Star Trek: Picard está chegando. Ela deveria ter começado suas filmagens no primeiro semestre, mas foi adiada devido à pandemia do Coronavírus (COVID-19). Quanto à questão de saber se os números decrescentes podem afetar sua longevidade, a CBS planeja apenas três temporadas da série, então é improvável que a série seja cancelada antes de seu final.