Pen15: por que série recém-indicada ao Emmy vai acabar subitamente?

'Receita para o burnout', disse Anna Konkle sobre o processo criativo da comédia, disponível no Paramount+

Publicado em 03/12/2021 11:00
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Estreou nesta sexta-feira (3), nos Estados Unidos, a segunda metade da segunda temporada de Pen15, série indicada ao Emmy de melhor comédia neste ano. Quatro dias antes, foi anunciado que essa leva de episódios seria a última, notícia surpreendente porque a atração é elogiada pela crítica e amada pelo público. Qual o motivo do fim tão súbito, então?

Pen15, disponível no Brasil no streaming Paramount+, tem as atrizes Maya Erskine e Anna Konkle como protagonistas. Porém, elas são mais do que isso: além de criarem a trama, chegam a escrever roteiros, produzir e dirigir episódios. Essa carga penosa, com a adição de novos compromissos pessoais, resultaram na decisão de terminar a série.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Uma receita para o burnout“, disse Anna, em recente evento de Pen15 para apresentar a comédia antes do próximo circuito de premiações, painel que também contou com a presença de Maya. “Foram 15 horas de trabalho por dia, durante anos“, reforçou Anna.

Cuidar de praticamente todo o processo criativo e da execução de uma atração televisiva não é nada fácil. A intensidade do trabalho exige muita dedicação, o que resulta em um cansaço acima do normal. Soma-se a isso o fato de ambas artistas terem se tornado mães durante a pandemia, fator importante na revisão de prioridades. Elas estão promovendo a despedida da atração enquanto cuidam de recém-nascidos.

Diferentemente de outros cancelamentos vistos na indústria de entretenimento, o de Pen15 foi uma ação das próprias criadoras, não partiu de executivos da Hulu, por exemplo, plataforma que disponibiliza a série nos EUA.

Quatro vezes indicada ao Emmy, Pen15 apresenta Anna e Maya interpretando adolescentes, versões delas mesmas. Mas ambas, aos 30 anos de idade, dão vida a meninas de 13 anos, em 2000, rodeadas de adolescentes reais, estudantes do ensino fundamental. 

Dentro desse cenário absurdo, a comédia cria situações hilárias para mostrar como eram a vida das garotas Anna e Maya, um retrato raro e honesto das tribulações e desafios da adolescência.


Siga o Observatório de Séries nas redes sociais:

Facebook: ObservatorioSeries

Twitter: @obsdeseries

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio