Disney anuncia novo serviço de streaming que deve trazer seus conteúdos adultos ao Brasil

Star (Fonte: Reprodução - Disney)
Publicidade

A Disney +, o serviço de streaming on demand chegou no Brasil no mês passado, mas já foi lançado há um ano e conquistou mais de 86 milhões de assinantes. E ele está pronto para se expandir para mais mercados internacionais.

No evento online The Walt Disney Company’s Investor Day 2020, a gigante do entretenimento anunciou a nova marca chamada Star, que apresentará conteúdo da ABC, FX e 20th Century Studios.

Em alguns mercados, como Europa, Canadá, Cingapura, Austrália e Nova Zelândia, a Star será apresentada aos clientes como um novo hub dentro do app Disney+, a partir de 20 de fevereiro de 2021, segundo a empresa. A nova marca será apresentada para mais mercados no próximo ano, mas a Disney não identificou esses mercados.

Continua depois da publicidade

Na América Latina, a Star será um serviço de streaming independente e oferecido sob a marca “Star+”. O serviço será lançado lá em junho de 2021 e contará com filmes e programas de televisão de entretenimento em geral, bem como uma programação de esportes ao vivo (graças à ESPN).

O anúncio de hoje parece ser uma admissão de que o Hulu, outro serviço de streaming de propriedade da Disney e que acumulou cerca de 39 milhões de assinantes, pode nunca se tornar internacional.

Publicidade
© 2021 Observatório de Séries | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade