Winona Ryder relembra comentários antissemitas e homofóbicos de Mel Gibson

Publicado em 23/06/2020 18:04
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Winona Ryder acusou Mel Gibson de fazer comentários antissemitas e homofóbicos em uma entrevista ao The Sunday Times. A estrela de Stranger Things, que interpreta Joyce Byers, foi perguntada por um repórter se ela havia experimentado antissemitismo no setor, e ela respondeu com vários exemplos.

“Eu experimentei… De maneiras interessantes”, explicou ela. “Há momentos em que as pessoas dizem: ‘Espere, você é judia? Mas você é tão bonita!’ Havia um filme que eu participei há muito tempo, era uma peça de época, e o diretor do estúdio, que era judeu, disse que eu parecia ‘judia demais’ para estar em uma família de sangue azul”.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Ela também contou um desentendimento perturbador com o astro Mel Gibson:

“Estávamos em uma festa lotada com uma das minhas boas amigas”, disse ela. “E Mel Gibson estava fumando um charuto, e todos nós conversamos e ele disse ao meu amigo, que é gay: ‘Oh, espere, eu vou pegar AIDS?’ E então surgiu algo sobre os judeus, e ele disse: ‘Você não é uma das que fugiu do forno, é?’”

A estrela da Netflix diz que Gibson “tentou” se desculpar mais tarde. Um porta-voz de Mel Gibson não respondeu imediatamente a um pedido de comentário, segundo a Variety.

Recentemente, Winona Ryder também chamou atenção ao falar sobre seu antigo caso com o ator Johnny Depp, defendendo o astro das acusações da atriz Amber Heard.

A atriz retornará ao catálogo da Netflix com Stranger Things 4, que ainda não tem data oficial de estreia.

https://observatoriodeseries.uol.com.br/destaque/aquele-nao-e-hopper-teoria-insana-revela-o-que-esta-por-tras-de-stranger-things-4
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio