Watchmen revela motivo de seus policiais usarem máscaras

Publicado em 28/10/2019 16:45
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A série Watchmen levantou muitas perguntas sobre o mundo depois de Ozymandias fingir uma invasão alienígena e Dr. Manhattan abandonar a humanidade para viver sua vida em Marte. E com a série da HBO ocorrendo quase três décadas após os eventos da aclamada graphic novel homônima de Alan Moore e Dave Gibbons, o mundo parece ter sofrido mudanças drásticas.

Especialmente na cidade de Tulsa, Oklahoma, onde uma conspiração envolvendo supremacistas brancos e o departamento de polícia está se desenrolando. Mas o episódio deste domingo (27) conseguiu revelar um detalhe importante sobre o programa que confundia os fãs até agora.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Os policiais de Tulsa são todos anônimos e até usam máscaras para cobrir seus rostos e esconder suas identidades. E existem alguns policiais de alto escalão que atuam como vigilantes sancionados, completos com suas próprias identidades e roupas.

Agora sabemos por que esses policiais mascaram o rosto ao lidar com o público: muitas pessoas estão agora mirando a polícia por causa dos tênues desafios culturais e políticos em Tulsa.

O ataque da Sétima Kavalaria

Conforme revelado no episódio 2 de Watchmen, chamado Martial Feats of Comanche Horsemanship, o Departamento de Polícia de Tulsa foi alvo de um ataque maciço alguns anos antes dos dias atuais da série, com a Sétima Kavalaria vestindo suas máscaras de Rorschach e atacando os oficiais na véspera do Natal.

Angela Abar (Regina King) está compartilhando um momento íntimo com o marido, quando dois dos Rorschach entram em sua casa e tentam matá-la; ela esfaqueia fatalmente um. Mas depois é baleada por outro. No entanto, ela desmaia antes de descobrir o que acontece com o segundo e acorda no hospital para encontrar seu chefe de polícia Judd esperando por ela. Ele diz a ela que muitos outros oficiais foram mortos durante este ataque coordenado, a que se referem como a Noite Branca.

Parece que a partir desse momento, a legislação passa para permitir que os policiais permaneçam anônimos, razão pela qual Angela é uma policial aposentada em público, mas ainda atua como Sister Night.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio