The Last Airbender, adaptação live-action de Avatar: A Lenda de Aang, está sendo desenvolvida pela Netflix (Fonte: Reprodução)
The Last Airbender, adaptação live-action de Avatar: A Lenda de Aang, está sendo desenvolvida pela Netflix (Fonte: Reprodução)

Os fãs de Avatar: A Lenda de Aang podem assistir ao seu amado desenho atualmente na Netflix, enquanto esperam pela série live-action que a gigante do streaming está preparando para o seu catálogo. A popular série animada abriu o caminho para uma sequência, A Lenda de Korra, que gera discussões entre os fãs até hoje, e uma adaptação cinematográfica de M. Night Shyamalan em 2010, cuja péssima recepção foi unânime.

O filme, que foi planejado como o primeiro de uma trilogia antes de ser arquivado pela Paramount e Nickelodeon Movies é, com razão, menosprezado até hoje. No entanto, o fracasso de Shyamalan não impediu que a Netflix tentasse trazer Avatar: A Lenda de Aang para o live-action.

Em 2018, a Netflix anunciou o projeto com os criadores da série animada, Michael Dante DiMartino e Bryan Konietzko, que devem retornar como produtores executivos e showrunners. As notícias sobre a série The Last Airbender foram escassas. Mas temos algo ou outro para nos apoiar.

Avatar: A Lenda de Aang live-action:

Quando estreia?

O remake em live-action de Avatar: A Lenda de Aang ainda não tem uma data de lançamento oficial. Nem extra-oficial, se isso conta. De acordo com o TheWrap, a produção da série deveria começar em 2019. No entanto, a série ainda está em fase de pré-produção e não avançou tanto quanto sabemos.

Em de maio de 2019, Bryan Konietzko atualizou os fãs com uma publicação no Instagram, explicando que ele e sua equipe haviam passado para a próxima fase de produção, mas que as coisas estavam indo devagar:

View this post on Instagram

Mike and Brandon walking between meetings from a short while back… We’re moving into a new office space, transitioning into the next phase of production. Our core team is growing. We’re writing, planning, and testing. Though there’s plenty that’s new for us in this live action process, we’ve been on this long rollercoaster ride twice before and a lot of the climbs and twists and turns feel familiar. Right now, everything seems slow, and we’re itching to speed up; before we know it, everything will be moving too fast and happening all at once. For those who are eager to see this new series and are asking if we have a trailer yet: thank you for your enthusiasm, sincerely, but you wouldn’t want to see a version of this series that was made within 9 months. Too much Hollywood fare is fast-tracked and the results speak for themselves. Thankfully for us and this series, Netflix is committed to doing it right. We’re trying to make something special that will stand the test of time. A live-action Avatar series is a daunting, incredibly complex thing to pull off — a fantasy travel show with tons of VFX, CG creatures, martial arts, etc. — and to do it right takes a ton of planning. On both the original series and Korra, when we were at this stage in the production the projects hadn’t even been announced yet. The difference with this Netflix series is that you all heard about it just a little bit after we started. So it will seem like a longer wait, but we can assure you that everyone is making good use of that time so we can craft something beautiful and emotionally powerful. Also, so we can make sure Appa is cute. We’ll be starting the casting process before too long, so if you’re aspiring to be a part of this thing, keep taking acting lessons and some martial arts/movement classes. We’ll announce how, when, and where to audition soon-ish. Thanks! Love, Bryan ✨💙✨ #avatarthelastairbender #netflix #liveactionseries

A post shared by Bryan Konietzko (@bryankonietzko) on

“Estamos escrevendo, planejando e testando. Embora haja muitas novidades para nós nesse processo live-action, já estivemos duas vezes nessa longa montanha-russa e muitas subidas e reviravoltas parecem familiares. No momento, tudo parece lento, e estamos ansiosos para acelerar; antes que percebamos, tudo estará se movendo rápido demais e acontecendo ao mesmo tempo”, escreveu o criador na publicação acima.

A série deveria começar a ser rodada em 2020 (segundo o ProductionWeekly), mas a pandemia do Coronavírus (COVID-19) paralisou diversas gravações e evitou o começo de outras. Com o atraso provocado pela quarentena, a Netflix não deve manter a agenda de seu estúdio intacta.

Quem estará no elenco?

Nenhum anúncio de elenco foi feito até o momento. Dito isto, os criadores estão comprometidos em escolher atores étnicos e culturalmente adequados, como revelou Michael Dante DiMartino em um comunicado para a Variety:

“Mal podemos esperar para tornar o mundo de Aang realidade da maneira mais cinematográfica que sempre imaginamos que seria, e com um elenco culturalmente apropriado e não whitewashed“, disse o criador. No mesmo comunicado, ele revelou que a Netflix não iria interferir, respeitando a visão dos showrunners.

De novo pelo Instagram, Konietzko afirmou que apreciava o entusiasmo de todos que se inscreveram para uma chamada de elenco aberta (que foi adiada), mas disse que produção ainda não havia atingido esse estágio:

View this post on Instagram

A lot of you are still curious and excited about when there will be an open casting call for the live-action adaptation of Avatar: The Last Airbender for Netflix. As always, thanks for your continued enthusiasm. In my original post about it, I had said it would likely happen in late 2019 — *likely* but not guaranteed, and obviously we have not reached that stage yet or else you would have heard about it from me, Netflix, etc. We’re working on some awesome stuff, but we’re still in development/preproduction. I’m reposting my stories here from 11 days ago, Thursday March 12th, in case you missed them. There are no big announcements in there, just a note about the lack of updates and a *much more important* note about the state of the world in this Coronavirus/Covid-19 pandemic and resulting economic crisis. If you haven’t been keeping up with the news, film and tv productions the world over have been suspended. At the moment, we are lucky that our small team on the adaptation is still moving things forward as best we can, obviously all working remotely. And as is always the case, when we have news we *can* share we will share it. So please don’t hound me or anyone else associated with us about casting. Just be patient. 💙🙏💙 Avatar can wait, but now it’s up to all of us, in our individual actions and how we support each other, to save the world. For real. Be safe, smart, generous, compassionate, and healthy. Love, Bryan #flattenthecurve

A post shared by Bryan Konietzko (@bryankonietzko) on

No entanto, o We Got This Covered reportou que fontes próximas do site revelaram um nome que estava sendo discutido para a série: Ken Watanabe. O ator japonês seria um nome de peso para a adaptação, mostrando que a Netflix realmente mira alto com o show, que é considerado nos bastidores a “sua Game of Thrones“.

Qual será o enredo?

Presumivelmente, a série live-action seguirá o mesmo enredo que seu antecessor animado. De fato, é possível (se não provável) que não seja uma recontagem exata. Mas a trama principal provavelmente permanecerá intacta.

Avatar: A Lenda de Aang se passa em um mundo fictício que pega emprestado aspectos das culturas do Leste Asiático e do Sul da Ásia, entre outros. O enredo centra-se na jornada de Aang como o Avatar, a única pessoa com a capacidade de dobrar todos os quatro elementos (água, terra, fogo, ar).

100 anos após a Nação do Fogo iniciar uma guerra que extinguiu os Nômades do Ar e viu o Senhor do Fogo Ozai colonizar parte do Reino da Terra, o Avatar ressurge próximo a Tribo da Água do Sul, encontrado por Sokka e Katara, que partem em uma missão para que Aang consiga pôr um fim o conflito e trazer equilíbrio para o mundo.

A série deve ter 3 temporadas, assim como a animação, embora a adaptação possa, sem trocadilhos, se adaptar para durar mais. Ainda assim, cada temporada da animação tem 20 ou mais episódios, o que não deve acontecer com a série. Também, cada episódio da animação tem pouco menos que meia hora, o que deve mudar no live-action. Portanto, nem todas as histórias da animação devem aparecer na adaptação, podendo também dar lugar a outras aventuras.

Então, mesmo se você já assistiu ao desenho, certamente haverá novidades pela frente. Se você ainda não assistiu, ele está disponível no catálogo da Netflix. Você está perdendo tempo.