The Walking Dead revela quem libertou Negan da cadeia

Publicado em 16/03/2020 08:28
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

The Walking Dead revelou o culpado secreto por trás da fuga de Negan (Jeffrey Dean Morgan) no episódio da 10ª temporada que foi ao ar neste domingo (15).

Depois de passar oito anos preso como o único prisioneiro na prisão de Alexandria, Negan foi solto enquanto aguardava uma votação sobre seu destino após ter matado acidentalmente Margo (Jerri Tubbs) para salvar Lydia (Cassady McClincy) de uma violenta emboscada. Depois da fuga, Negan foi até o território dos Sussurradores e jurou lealdade para Alpha (Samantha Morton).

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Depois de participar do ataque ardente a Hilltop que deixou a colônia liderada à distância por Maggie Rhee (Lauren Cohan) em ruínas, Negan é enviado por Beta (Ryan Hurst) para reunir os caminhantes e se juntar ao exército de mortos-vivos de Alpha. “Não tenho tudo o que quero”, diz Alpha, referindo-se à filha Lydia, que se recusou a matar a mãe e ocupar o lugar de líder da matilha.

Os mortos “não param até que eu a traga para casa para você”, rosna o fiel seguidor Beta, prometendo enviar o exército de caminhantes após os sobreviventes que abrigavam Lydia. Mas ela é vista e arrebatada antes por Negan, que diz a Alpha que “encontrou aquela coisa” que ela estava procurando.

Então, Negan leva a líder dos Sussurradores para uma emboscada e corta sua cabeça. E aí que o ex-líder dos Salvadores leva a cabeça de Alpha como presente para Carol (Melissa McBride) que, ao invés de agir surpresa, diz que ele “demorou o suficiente”.

Assim, o episódio deixa claro que a fuga de Negan na verdade foi um plano de Carol, que o enviou para matar Alpha, em vingança pela morte de filho adotivo, Henry (Matt Lintz).

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio