The Walking Dead revela passado criminoso de Magna

Publicado em 05/11/2019 18:37
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Depois de revelar o relacionamento entre Yumiko (Eleanor Matsuura) e Magna (Nadia Hilker), The Walking Dead lançou ainda mais luz sobre o passado misterioso da última personagem.

Enquanto Yumiko e Magna navegam em águas rochosas depois de colidirem com decisões unilaterais tomadas por Miko quando a colônia Hilltop foi atacada por caminhantes, descobriu-se que Magna e Kelly (Angel Theory) estavam roubando e escondendo suprimentos desesperadamente necessários de sua nova casa.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na segunda briga em tantos episódios, Magna admite que é culpada pelas ações das quais Yumiko a defendeu durante o tempo em que atuava como advogada criminal.

Na 9ª temporada, uma Michonne (Danai Gurira) desconfiada apontou a história de Magna como condenada quando viu uma tatuagem de prisão. Agora sabemos que Magna foi presa por buscar justiça com suas próprias mãos contra um homem que cometeu um crime sexual contra sua jovem prima.

“Minha prima, ela era uma garotinha. E ele continua vivendo sua vida? De jeito nenhum”, disse Magna no episódio. “Mas ninguém veio atrás dele. Então eu fui”. A admissão de culpa surge como uma notícia bombástica, se mostrando novidade para Miko.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio