Showrunner de Star Trek: Picard explica a morte de SPOILER

Publicado em 11/03/2020 18:28
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Star Trek: Picard foi um dos passeios mais sombrios que a franquia nos levou, e o último episódio da série fez pouco (para não dizer ‘nada’) para reverter essa tendência.

O episódio 7, Nepenthe, viu um favoritos dos fãs de Star Trek: The Next Generation finalmente conhecer o seu destino final. Hugh foi morto pela agente romulana Narissa Rizzo para proteger Picard.

Os fãs de Star Trek foram surpreendentemente afetados pela perda de Hugh, e o showrunner Michael Chabon acabou por explicar o motivo de decidir dar um fim para a personagem:

“Uma das histórias que estamos contando nesta temporada em Picard é uma história sobre a tragédia de ser Borg, ou mais precisamente, de ser assimilado e depois, ainda mais comovente, ser restaurado da assimilação e lutar para sempre com os traumáticos traços da assimilação. De uma maneira muito única, Hugh foi capaz de recontextualizar seu trauma em algo que trouxe cura e esperança a outras pessoas, o que deu propósito e trouxe cura a si mesmo. Mas sua situação, como a de todos os ex-Borg – como explicou a Picard no episódio 6, permaneceu essencialmente trágico, e tragicamente é como ele morre, abatido por alguém que o vê como um monstro nojento no momento em que faz sua mais ousada reivindicação de dignidade e liberdade”.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio