Netflix | Diretor de conteúdo do Japão anuncia novas parcerias para animes originais

Publicado em 12/03/2019 09:12
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A Netflix adicionou um trio de negócios que expandem sua lista de séries de anime. Assim, a empresa revelou parcerias com Anima, Sublimation e David Production. Ao passo que são adicionais aos seus pactos anteriores com a Production I.G. e Bones em 2018.

As produtoras e a Netflix criarão juntas séries de anime originais, incluindo Altered Carbon: Resleeved, da Anima. Portanto, veremos uma adaptação da série de ficção científica Altered Carbon, lançada em fevereiro de 2018. Dessa forma, ela explorará novos elementos da mitologia da série.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Com a Sublimation, o streaming trabalhará em Dragon’s Dogma, uma série de anime baseada no jogo de RPG de mesmo nome da Capcom, aclamado pela crítica. A história segue a jornada de um homem em busca de vingança contra um dragão que roubou seu coração. Então, o homem é trazido de volta à vida como um Arisen.

Veja também:

Netflix | Streaming irá adaptar Cem Anos de Solidão, de Gabriel García Márquez

Com a David Production, criará em conjunto SPRIGGAN, baseado na série de mangá clássico de Hiroshi Takashige, ilustrada por Ryoji Minagawa. A saber, ele será lançado como uma ação de batalha de ficção científica sobre um homem com poderes sobrenaturais para selar os restos históricos.

Já previamente anunciado na Production I.G. está Ghost in the Shell: SAC _2045, previsto para estrear na Netflix em 2020. Além disso, Vampire in the Garden, do Wit Studio, e Bones produzirá Super Crooks, baseado na história em quadrinhos criada pelo escritor Mark Millar e pelo artista Leinil Francis Yu.

“A Netflix pretende ser a casa mais atraente para os fãs de anime, criadores e estúdios de produção. Estamos criando um ambiente onde as casas de produção podem fazer seu melhor trabalho. E entregar seus shows em um serviço onde conectamos fãs de anime de mais de 190 países ao conteúdo que eles adoram”, disse o diretor de conteúdo da Netflix no Japão, John Derderian.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio