Motorista viraliza na internet se passando por Walter White de Breaking Bad

Publicado em 18/07/2019 17:18
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Certamente você já assistiu muitas obras do audiovisual que terminam com algum bandido fugindo para uma calma vida em algum país da América do Sul. Com frequência, Brasil e Argentina. Provavelmente, ainda um reflexo do anteriormente chamado “Novo Mundo”.

Mas não estamos aqui para falar sobre história. Estamos aqui para te contar que o final de Breaking Bad foi uma farsa! Walter White está vivo e deixou de lado seus dias de tráfico no Novo México para trabalhar como motorista de aplicativo em Curitiba. Bem, mais ou menos. Conheça Marlon Casagrande e entenda como ele viralizou na internet!

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O Walter White de Curitiba

Recentemente, um usuário do Twitter foi cliente de Marlon e, impressionado com o que viu, resolveu compartilhar na rede social. Confira a publicação abaixo:

É isso mesmo. Marlon incorpora o perigoso Heisenberg para levar seus clientes pelas ruas da capital paranaense. “Toda vez que os passageiros entram no carro, ficam olhando. Eu pergunto logo de cara: ‘pareço muito com o Walter White de Breaking Bad, né?’”, contou Casagrande em entrevista para o IGN Brasil. “Eles pedem para fotografar, eu dou a bala azul e todo mundo pira”.

Então, como você pode ver, não foi apenas Lucas Cruz que quis fotografias do sósia de Walter White. Por isso, não é surpresa que o motorista tenha criado um Instagram para sua nova persona. Confira abaixo:

“Sempre me disseram que eu era parecido. Aí, decidi assistir a série e percebi que sou mesmo! Agora, estou investindo no visual. Até para as balas azuis eu dei um jeito”, disse Casagrande

De fato, as balas azuis são icônicas no show protagonizado por Bryan Cranston. Portanto, também são no carro do motorista. Assim como foi bem apontado por seu cliente no Twitter. Mas fiquem tranquilos. Afinal, como ele explica, não é metanfetamina, e sim “balas de goma vendidas em distribuidoras de doces”. Portanto, se encontrarem Marlon por aí, podem aceitar sem ressalvas.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio