Kit Harington teve medo de Game of Thrones ser considerada sexista em seu final

Publicado em 20/05/2019 16:46
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Decerto, Game of Thrones foi diversas vezes criticado por sua representação de personagens femininas. Por exemplo, o estupro de Sansa por Ramsay na 5ª temporada. Mas o show atingiu um novo recorde em sua temporada final. Daenerys enlouquecendo em segundos e Brienne chorando por Jaime após seu abandono lideram a lista.

É então que surge Kit Harington para conversar com a Entertainment Weekly. O ator revelou que estava preocupado que a temporada final pudesse causar reações negativas, com a série sendo novamente acusada de sexismo. Principalmente nos dois episódios finais do programa, que resultam na morte das mulheres mais importantes da série.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Uma das minhas preocupações com isso é que temos Cersei e Dany, duas mulheres líderes, que caem”, disse Harington. “A justificativa é: só porque elas são mulheres, por que elas deveriam ser boas? Eles são os personagens mais interessantes do show. E é isso que ‘Thrones’ sempre fez”.

“Você não pode simplesmente dizer que as mulheres fortes vão acabar com as pessoas boas”, continuou o ator. “Dany não é uma boa pessoa. Vai abrir-se uma discussão. Mas nada é feito neste programa que não seja sincero com suas personagens. E quando você já viu uma mulher interpretar um ditador?”

Harington ainda falou sobre a “virada” de Daenerys no penúltimo episódio:

“Eu acho que vai dividir (os fãs)”, disse Harington. “Mas se você rastrear sua história desde o começo, ela faz algumas coisas terríveis. Ela crucifica pessoas. Ela queima as pessoas vivas. Isso foi construindo. Então, temos que dizer ao público: ‘Você está em negação sobre essa mulher. Você sabia que algo estava errado. Você é culpado, você a animou’.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio