Avatar pode virar série na Disney+; e James Cameron está animado com a ideia! (Fonte: Reprodução)
Avatar pode virar série na Disney+; e James Cameron está animado com a ideia! (Fonte: Reprodução)

Tendo feito apenas dois filmes desde 1994, James Cameron não é exatamente conhecido pela velocidade com que ele leva seus projetos através da produção e para a tela grande. No entanto, o fato de Titanic e Avatar se tornarem os filmes de maior bilheteria da história, e terem levado 14 estatuetas do Oscar em 24 indicações, significa que ele pode fazer o que quiser, independentemente de quanto tempo ele leva.

Embora seja bom ver um dos maiores e mais inovadores cineastas da era moderna tentar algo novo, Cameron parece contente em passar o que parece ser o resto de sua carreira em Pandora, com quatro sequências de Avatar atualmente em andamento.

Como seria de esperar, não faltam tecnologias inovadoras e, com Vingadores: Ultimato recentemente roubando a coroa do primeiro filme como a maior bilheteria da história do cinema, ele sem dúvida tentará recuperar seu título. Afinal, uma prata e um bronze não fazem um ouro.

Após a aquisição da Fox pela Disney, os direitos da franquia foram parar na casa do Mickey, que distribuirá as sequências pelos recentemente renomeados 20th Century Studios. Mas o We Got This Covered está relatando que também há conversas entre Cameron e o estúdio para trazer o mundo da Pandora para a tela pequena com uma série exclusiva na Disney+.

De acordo com o site, o estúdio está buscando ativamente algum conteúdo original de alto nível para seus serviço de streaming e a expansão da franquia Avatar surge como um candidato ideal. O site ainda diz que os dois lados estão igualmente entusiasmados com a ideia e estão no estágio inicial das discussões sobre uma série que aconteceria entre o primeiro e o segundo filme.

Com Cameron já tendo a tecnologia disponível depois de passar uma década desenvolvendo-a para as sequências de tela grande, a série da Disney+ não seria nem de longe tão cara quanto os bilhões de dólares relatados que estão sendo gastos nas sequências do cinema. O que significa que este projeto pode muito bem sair do papel.