Herdeiro de C.S. Lewis quer séries de As Crônicas de Nárnia na Netflix

Publicado em 12/05/2020 22:39
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

De todas as possíveis franquias literárias que começaram a aparecer com crescente regularidade para tentar lucrar com o sucesso de O Senhor dos Anéis e Harry Potter durante os primeiros anos do século XXI, pareceu por um tempo que As Crônicas de Nárnia também iria aproveitar de um sucesso contínuo.

O Leão, a Feiticeira e o Guarda-Roupa foi um grande sucesso, tornando-se um dos filmes de maior bilheteria de 2005. Mas apesar de gerar duas sequências, as adaptações da série de fantasia de C.S. Lewis nunca conseguiram o mesmo sucesso. Tanto o Príncipe Caspian quanto A Viagem do Peregrino da Alvorada faturaram pouco, e quaisquer planos para novas aventuras em Nárnia foram finalmente arquivados.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Foi feita uma tentativa de colocar A Cadeira de Prata na frente das câmeras, com Joe Johnston, mas o projeto nunca saiu do limbo do desenvolvimento. Então, a Netflix comprou os direitos em 2018, com o objetivo de criar filmes e programas de TV da franquia.

Em uma entrevista recente para o ScreenRant, o produtor Douglas Gresham, que também é o enteado de C.S. Lewis, admitiu que espera que o gigante do streaming decida seguir um caminho “episódico” ao montar a nova adaptação de Nárnia, acreditando que o tempo de execução condensado de um filme não basta para fazer justiça à mitologia:

“Eu adoraria que fosse uma coisa episódica. Porque em um filme você tem uma hora, talvez duas horas no máximo, se você realmente deseja esticá-lo, para colocar um livro inteiro, um livro de histórias de aventura, no filme. E você simplesmente não pode fazer isso”, disse Gresham, que também admitiu preocupação. “Eu não ouvi uma palavra deles. Estou me preocupando se algo vai acontecer”.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio