HBO redimiu Adrian Veidt, o Ozymandias, em Watchmen?

Publicado em 18/12/2019 10:24
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O final de Watchmen, da HBO, trouxe tudo e todos para um confronto climático que mudou todo o universo criado na graphic-novel de Alan Moore e Dave Gibbons.

See How They Fly viu o culminar do plano de Lady Trieu (Hong Chau): usar a Sétima Kavalaria para caçar e capturar o Dr. Manhattan (Yahya Abdul-Mateen II), que morava em Tulsa disfarçado de Calvin Abar. Ela usaria um acelerador quântico para matar o deus azul e aproveitar seus poderes para fornecer uma solução mais permanente ao cessar-fogo global que Adrian Veidt (Jeremy Irons), seu pai por inseminação artificial, forneceu com seu falso ataque de lulas alienígenas de outra dimensão nos quadrinhos originais.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Depois de passar anos em Europa, uma lua de Júpiter, Veidt é resgatado de sua prisão por Trieu, que o envolve em ouro até os eventos finais da série, para que ele possa estar lá para testemunhar o acelerador quântico em ação depois de inicialmente se recusar a ajudá-la, como vimos em um flashback. Infelizmente para Trieu, esse ato provou ser sua queda, pois Veidt é quem acaba derrotando-a no final e salvando o mundo mais uma vez.

Depois que o Dr. Manhattan teleporta Veidt, Laurie (Jean Smart) e Wade (Tim Blake Nelson) para Karnak, a base de operações de Veidt na Antártica, Ozymandias estabelece um plano para impedir Trieu de reivindicar os poderes do Dr. Manhattan. Usando o dispositivo que vinha usando para manter o medo que fazia o mundo ficar unido, Veidt teleporta lulas congeladas de volta para Tulsa para literalmente chover em cima de Trieu. Os cefalópodes congelados destroem o acelerador quântico e a máquina cai em Trieu, matando-a no processo. Quando Laurie pergunta por que ele está tentando interromper os planos de sua filha, Veidt responde que ninguém que quer tanto poder deve ter.

Watchmen redimiu Ozymandias?

Esta nobre resposta de Veidt é uma forma única de redenção para uma personagem que sempre foi retratada como vilã na história. Afinal, Veidt matou milhões de pessoas quando lançou uma invasão alienígena falsa na cidade de Nova York para unir as superpotências do mundo e impedir um armagedom nuclear. O plano funcionou. Mas o preço disso foi metade de uma das mais populosas cidades do mundo. Sem mencionar as outras casualidades enquanto Veidt executava seu plano, incluindo o Comediante, Moloch e os ex-colegas de Dr. Manhattan, que Veidt fez com que contraíssem câncer.

Mas, ao contrário de Trieu, as intenções de Veidt não eram assumir o controle. Ao invés disso, ele cometeu suas atrocidades para garantir a estabilidade global. Em um mundo que já está à beira devido ao aumento das tensões da Guerra Fria e às revoltas políticas, foram tomadas medidas drásticas para garantir a paz e a estabilidade. As personagens principais de Watchmen são tudo menos uniformemente boas, e os motivos de Veidt eram os mesmos que os demais Watchmen quando o grupo se formou: proteger as pessoas. Nesse caso, a Veidt estava protegendo as pessoas de si mesmas.

O debate sobre as intenções de Veidt e se suas ações foram ou não justificadas é interessante e ainda persiste até hoje. Com o final, parece que o programa queria acrescentar outra camada a esse debate, dando a Ozymandias uma última chance de usar seu intelecto superior, além de mostrar que ele não é um personagem totalmente não-heróico.

Mas o momento heróico de Veidt tem vida curta. Depois que ele dá um veículo para Laurie e Wade voltarem para casana forma de Archie, a nave do ausente Coruja, Laurie prende Veidt. Quando ele a confronta por que ela faria isso depois de tudo o que aconteceu, Laurie explica que as pessoas continuam dizendo a ela que o mundo vai acabar, mas isso nunca acontece. Apesar de sua alegação de que ele salvou o mundo duas vezes, Laurie e Wade o levam embora para pagar por seus crimes.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio