Game of Thrones teve uma morte que ninguém percebeu porque aconteceu fora de cena

Publicado em 29/05/2019 11:20
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Os três episódios finais de Game of Thrones foram cheios de mortes. Vimos Missandei, Varys, Euron Greyjoy, Qyburn, a Montanha, o Cão, Jaime Lannister, Cersei Lannister e Daenerys Targaryen, entre outros, terminado o show sem vida.

No entanto, uma não-casualidade que surpreendeu foi Verme Cinzento. O comandante dos Imaculados partiu para a Ilha de Naath, a terra natal de sua namorada Missandei. E ele viveu feliz para sempre… Exceto que não há feliz para sempre na série da HBO.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Talvez nem para a série em si, que enfrenta petições para ser refeita. Até mesmo os showrunners David Benioff e D.B. Weiss não parecem ter tido um final feliz. Os fãs querem que a dupla seja demitida da próxima trilogia de Star Wars.

Naath é uma linda ilha no mar de verão, com praias brancas, árvores altas e borboletas… Mortais. Missandei e o resto dos Naathi cresceram imunes à “febre da borboleta”. Mas os estrangeiros não. Portanto, eis o que Verme Cinzento e os Imaculados podem esperar chegando por lá:

“Uma espécie grande de borboleta em Naath é portadora de uma doença horrível que faz com que a carne literalmente se solte dos ossos de um homem. Mas os próprios Naathi são imunes a ela. Durante séculos, potenciais invasores estrangeiros acabariam sucumbindo à ‘febre da borboleta’. Os Naathi dizem que nenhum deles manteve presença na ilha por mais de um ano”.

Então, sim, R.I.P. Verme Cinzento. A doença nunca foi mencionada no programa, apenas no material fonte de George R.R. Martin. Mas há um reconhecimento das raízes de Missandei nos créditos de abertura: O nome de Nathalie Emmanuel aparece ao lado de uma borboleta. Veja na imagem mais abaixo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio