Game of Thrones | Emilia Clarke quase deixou de ser Daenerys após dois aneurismas cerebrais; entenda

Publicado em 21/03/2019 15:47
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Emilia Clarke, estrela de Game of Thrones, revelou que quase deixou de ser Daenerys no começo da série. A atriz sofreu de dois aneurismas cerebrais que quase lhe tiraram a vida nos primeiros anos da série da HBO. Clarke falou sobre seu susto de saúde pela primeira vez em um ensaio pessoal publicado no New Yorker na manhã de quinta-feira.

Pouco antes de assumir seu papel como Daenerys Targaryen em 2011, a atriz notou em sua cabeça uma “dor lancinante, penetrante e constritiva” durante um treino. Então, correu para o hospital e fez um exame de ressonância magnética que mostrava um aneurisma que exigia uma cirurgia no cérebro.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Dessa forma, a atriz de 24 anos de idade passou por um período de recuperação de duas semanas. Durante a qual ela não conseguia lembrar seu próprio nome, resultado de uma condição chamada afasia. Isso fez com que Clarke quase não estivesse no trailer lançado para a última temporada. O qualquer outro ano da série.

“Palavras sem sentido saíram da minha boca e eu entrei em pânico cego. Eu nunca senti medo assim. Uma sensação de condenação se aproximando ”, disse ela. “Eu sou uma atriz; Eu preciso lembrar minhas falas. Agora eu não conseguia lembrar meu nome”, revelou a atriz.

O distúrbio passou depois de uma semana, e um mês após a cirurgia, Clarke retornou para as divulgações da série. No entanto, enquanto estava no hospital, ela descobriu que tinha outro aneurisma menor do outro lado do cérebro que poderia se romper a qualquer momento.

Emilia Clarke relata que os problemas continuaram

Em 2013, ano da 3 ª temporada da série, Clarke foi para um de seus exames cerebrais regulares e descobriu que o segundo aneurisma tinha dobrado de tamanho. Portanto, ela voltou para outra cirurgia. Mas não foi tão bem sucedida quanto a primeira.

“Quando eles me acordaram, eu estava gritando de dor”, lembrou ela. “O procedimento falhou. Eu tive um sangramento enorme e os médicos deixaram claro que minhas chances de sobreviver eram precárias se não voltassem a funcionar. Desta vez, eles precisavam acessar meu cérebro da maneira antiga, através do meu crânio”.

“Parecia que eu tinha passado por uma guerra mais horrível do que qualquer outra que Daenerys experimentou”, continuou. “Eu saí da operação com um dreno saindo da minha cabeça. Pedaços do meu crânio foram substituídos por titânio. Hoje em dia, você não consegue ver a cicatriz que se curva do meu couro cabeludo até o meu ouvido. Mas eu não sabia no começo que não seria visível”.

Várias semanas após a cirurgia, Clarke voltou a trabalhar para promover Game of Thrones na San Diego Comic-Con. Assim, ela manteve a notícia de suas cirurgias em segredo até agora. Até mesmo negando uma história do National Enquirer que ocorreu seis semanas após o procedimento. Clarke assegurou a seus fãs que desde a segunda cirurgia, ela está 100% melhor, e criou uma instituição de caridade para lesões cerebrais e vítimas de derrame chamada SameYou.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio