Estrela de Stranger Things diz que a sexualidade de sua personagem depende do público

Publicado em 19/02/2020 11:20
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Os fãs de Stranger Things costumam discutir se Will Byers é gay ou assexual. Houve sugestões sobre isso antes, mas uma cena na terceira temporada quase confirmou. Nela, Will e Mike entraram em uma discussão que terminou quando o último gritou com ele, dizendo: “Não é minha culpa que você não gosta de garotas”. Ainda assim, o resto da temporada não foi mais longe ao explorar a sexualidade de Will, por isso permanece ambígua no programa.

Segundo a estrela Noah Schnapp, no entanto, isso é deliberado por parte dos escritores. Enquanto falava com o The Hollywood Reporter, o ator falou sobre sua própria leitura pessoal da situação de Will como sendo baseada em como ele perdeu uma parte essencial de sua vida por estar preso no Mundo Invertido e como isso pode ter tido efeitos de insegurança sobre sua sexualidade. No entanto, ele observou que os espectadores podem se decidir sobre isso.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Não há nada gravado em pedra. Depende do público e acho que os criadores fizeram isso de propósito. Algumas pessoas percebem que Will pode ser gay, assexual ou o que seja. Ou, como eu vejo, ele ficou preso no mundo invertido e ficou fora por tanto tempo que todos os seus amigos começaram a crescer enquanto ele estava nesse outro mundo. Quando ele voltou, todos estavam crescidos, e ele ainda era uma criança que ainda queria fazer coisas como jogar D&D. Ele não estava pronto para enfrentar essa maturidade e entrar em relacionamentos. Então, acho que é isso que Will está passando agora” revelou o ator.

Os criadores Matt e Ross Duffer podem estar deixando isso aberto para interpretação.Com a quarta temporada de Stranger Things em produção, teremos que ver o que está reservado para Will no próximo ano.

A nova temporada deve estrear apenas em 2021, no catálogo da Netflix.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio