Marge in Chains, episódio de Os Simpsons (Fonte: Reprodução)
Marge in Chains, episódio de Os Simpsons (Fonte: Reprodução)

A década passada provou que Os Simpsons não é apenas o seriado maluco de animação que pensávamos que era, mas na verdade é um documento do futuro da civilização contado pelas lentes de personagens de desenhos animados.

Donald Trump se tornando presidente, a Disney comprando a 20th Century Fox, a pandemia de Coronavírus (COVID-19) e até a chegada de insetos assassinos foi previsto pela série.

O Entertainment Tonight recentemente conversou com as estrelas e o showrunner de Os Simpsons para perguntar a eles sobre as inesperadas habilidades psíquicas da família animada.

Nancy Cartwright, voz original de Bart Simpson, admitiu que conseguiu acertar a maior parte do tempo:

“Temos um histórico bastante impressionante”.

Yeardley Smith, voz original de Lisa, fica menos convencida, pois acha que tudo depende de Os Simpsons estarem no ar há mais de 30 anos:

“Se você trabalha há três décadas”, ressaltou ela, “provavelmente vai acertar de vez em quando”.

Quanto ao showrunner, Al Jean, ele acha que o programa deve começar a usar seus poderes para o bem e não para o mal:

“O que as pessoas estão nos dizendo agora é: ‘Comece a prever algumas coisas boas!'”, Ele disse. “Porque estas têm sido muito negativas.”

Para ser justo, há algumas previsões positivas ocultas no programa. Mas elas ainda não aconteceram. Carros voadores, viagens espaciais a Marte… Vamos dar tempo ao tempo.