El: Camino é o episódio que ficou faltando para Jesse em Breaking Bad

Publicado em 15/10/2019 15:32
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Quando Jesse Pinkman (Aaron Paul) escapou de seus captores supremacistas brancos no final de Breaking Bad, muitos assumiram que ele acelerou em direção de um final feliz. Mas como o escritor e diretor Vince Gilligan detalha em El Camino: A Breaking Bad Movie, isso é algo pelo qual Jesse tem que trabalhar duro. Especialmente após o império das drogas que ele e Walter White (Bryan Cranston) construíram no Novo México.

Assim, El Camino: A Breaking Bad Movie finalmente oferece a Jesse essa chance de redenção, lhe dando a oportunidade de fazer as pazes com certos indivíduos-chave em sua vida e chegar ao seu destino.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Acerto de contas

Depois de matar Todd no final da 5ª temporada, Felina, Jesse retorna ao apartamento de seu captor para pegar seu dinheiro, apenas para que alguns criminosos da Kandy Welding Company cheguem e peguem a maior parte dele em um assalto conjunto. Embora eles se disfarcem de policiais, Jesse eventualmente se lembra deles, que ajudaram a construir sua prisão em Breaking Bad. Quando Ed diz que ele ainda precisa de US$ 1.800 para comprar uma nova identidade no Alasca, Jesse decide ir até Kandy para pedir o dinheiro.

Depois de roubar as armas da casa de seus pais, Jesse implora pelo dinheiro, apenas para Neil desafiá-lo para um duelo, apostando todo o dinheiro roubado. O par mostra um bom tiroteio ao estilo Velho Oeste, e quando Neil tenta sacar, Jesse o atira com uma arma escondida no bolso, onde sua outra mão estava disfarçada de maneira inteligente o tempo todo. Neil não viu isso acontecer, e quando seu parceiro Casey tenta reagir, Jesse o mata também. Ele assusta as outras testemunhas e parte, explodindo o local. Metaforicamente, a sua jaula.

Liberdade

Assim, Jesse pode finalmente comprar uma nova vida como Sr. Driscoll, algo que ele poderia ter feito na 5ª temporada. Mas desistiu em cima da hora. Ele está no Alasca em seus momentos finais, seguindo o conselho de Mike, que lhe disse que poderia começar de no frio da região. Jesse ainda se arrepende de seu passado, e Mike avisou-o em seu flashback de que ele nunca poderia consertar as coisas com todo o sangue em suas mãos.

Jesse entrega a Ed uma carta para Brock Cantillo, filho de Andrea (ex de Jesse, que Todd matou na 5ª temporada). Parece ser um pedido de desculpas. Mas também pode haver alguma compensação financeira envolvida. Aparentemente, isso dá a Jesse o fechamento que ele precisa para seguir em frente. Algo que ele também obtém em menor grau pelo seu último telefonema ao seus pais.

Paz

Enquanto Jesse se afasta de Ed, outro flashback o leva a um momento romântico com Jane Margolisa, primeira namorada que ele teve no programa. Walt a deixou morrer de overdose para que ele pudesse assumir o controle da psique frágil de Jesse e, sem surpresa, Jesse nunca superou isso. Essa memória o vê dizendo a ela como ele finalmente acredita no caminho que o universo traçou para ele; um preceito que ela disse a Jesse em que acredita.

Jane, cínica e sarcástica como sempre foi, renega a filosofia e lembrando a ele que é melhor seguir seu próprio caminho e não confiar no destino. Agora, Jesse tem a coragem e a consciência limpa para criar um novo caminho. Sua cena final é dirigindo sua van, pacificamente e feliz, finalmente. É o total oposto ao final de Felina, onde ele fugiu gritando, zangado e cheio de caos no coração, em direção ao que aparentava ser sua liberdade. Mas não era. Ainda.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio