Disney | Bob Iger, CEO da empresa, veio até o Brasil para agilizar compra da Fox

Publicado em 26/02/2019 20:42
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em uma das últimas etapas da revisão regulatória do acordo de US$ 71,3 bilhões da Disney para comprar a maior parte da 21st Century Fox, os reguladores do Brasil parecem estar preparados para aprovar a transação nesta quarta-feira (27).

Funcionários do CADE estariam satisfeitos depois que a Disney oferecer algumas das concessões que haviam sido solicitadas. Assim, um período final de fechamento de cerca de 10 dias começará. Dessa maneira informa a Deadline. Isso significaria um fechamento oficial em meados de março.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Enfim, estaria de acordo com as previsões iniciais. Mesmo que seja mais tarde do que parecia. Ao passo que as coisas pareciam que terminariam nas últimas semanas de 2018. Outra notícia empolgante para a Disney vem pela Bloomberg. Aparentemente, um acordo similar com reguladores no México foi alcançado. A Fox se recusou a fazer qualquer comentário oficial sobre o status da revisão. A Disney ainda não se pronunciou.

Veja também:

Disney | Compra da FOX deve se oficializar até junho de 2019

O principal ponto de discórdia, como em outras regiões, foi a posse dos direitos do futebol. A combinação da Fox Sports e da ESPN foi vista com cautela pelos órgãos reguladores dos EUA e da Europa. As principais agências europeias exigiram alienações. As redes esportivas regionais da Fox, com um valor coletivo de mais de US$ 15 bilhões, estão em vias de serem compradas para uma coleção de diferentes compradores.

Conforme estipulado por um acordo entre a Disney e o Departamento de Justiça dos EUA, esses desinvestimentos podem continuar por um curto período além do fechamento previsto do acordo principal. Mas devem ser concluídos ainda este ano.

A demora no Brasil foi uma reviravolta inesperada. Dadas as circunstâncias, o CEO da Disney, Bob Iger, optou por vir ao país duas semanas atrás para se reunir com os reguladores pessoalmente.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio