Como o Valonqar de Cersei Lannister pode selar seu destino em Game of Thrones

Publicado em 28/04/2019 17:43
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Finalmente, a última e oitava temporada de Game of Thrones está aí. Certamente, os fãs esperam que o final da série seja diferente dos livros. Caso contrário, George R.R. Martin continuará recebendo mensagens de ódio até o fim da vida. Contudo, algumas coisas vão acabar por ficarem, no mínimo, próximas.

Muitas das perguntas de longa data da franquia terão suas respostas reveladas este ano. Portanto, o público está de olho nas muitas profecias espalhadas pelo enredo. Enquanto a maioria destas lidam com circunstâncias que alteram o mundo, como a vinda do Príncipe que foi Prometido (que também pode ou não ser Azor Ahai), há algumas que são mais pessoais. Decerto, uma que se encaixa nesse critério é a profecia do Valonqar.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Ela detalha como Cersei Lannister, uma das maiores vilãs que já enfeitaram uma tela de televisão, e seus filhos, encontrarão seu fim. No romance A Tormenta de Espadas, uma jovem Cersei visita Maggy, a Rã, uma mulher que aparentemente tem a capacidade de prever o futuro. A bruxa diz para Cersei muitas coisas sobre sua vida. Ela diz à jovem que ela não vai se casar com um príncipe, mas sim um rei. Também, que será rainha até que ela seja suplantada por uma “mais jovem e mais bonita”. Então, informa Cersei que ela terá filhos, mas que eles todos perecem. Maggy conclui a profecia com uma declaração da morte da herdeira Lannister, afirmando:

“E quando suas lágrimas te afogarem, o Valonqar envolverá suas mãos sobre sua pálida garganta branca e sufocará a vida em você”.

“Valonqar” significa “irmão mais novo” em Valiriano e, desde o início, a idéia predominante era de que o Valonqar seria Tyrion, seu irmão mais novo. Decerto, Cersei sempre teve um intenso ódio por Tyrion, e sua interpretação da profecia pode ajudar a entender melhor essa relação. Ela o culpou por basicamente tudo de ruim que aconteceu em sua vida. Desde a morte de sua mãe (uma noção absurda porque sua mãe morreu dando a luz a Tyrion, que não é nada que ele pudesse controlar) até o assassinato seu pai. Mas considerando que é a escolha mais óbvia e Game of Thrones sempre desejou subverter as expectativas de seu público, essa pode não ser a direção que a profecia tomará.

Jaime Lannister seria o Valonqar?

Outra teoria popular é que Jaime será o Valonqar. Ele é tecnicamente seu irmão mais novo, já que nasceu após Cersei, mesmo que sejam gêmeos. E do ponto de vista do enredo, o descontentamento entre os irmãos gêmeos Lannister tem crescido constantemente através das temporadas. Certamente Jaime tem ficado cada vez mais nervoso com as ações de Cersei como monarca absoluta.

Além disso, Cersei foi igualmente frustrada com o que ela considera deficiências de Jaime ao longo da série. Assim, o par se separa no final da 7ª temporada, quando Cersei explicou-lhe seu plano de deixar o Norte lidar sozinho com o Rei da Noite e seu exército de soldados zumbis depois de expressamente dizer que daria seu apoio. Então Jaime, que geralmente está cego para as tendências maquiavélicas de Cersei devido ao seu intenso amor, não pode simplesmente ficar de braços cruzados.

Mas é improvável que Jaime e Cersei permaneçam separados durante toda a temporada final. A teoria postula que Jaime ficará cara a cara com sua irmã e fará jus ao apelido de Regicida. Assim, mataria sua irmã para salvar o reino, assim como fez com o Rei Louco. Há também a hipótese de que Jaime poderia ser incitado a salvar Tyrion da irmã. De qualquer forma, é totalmente plausível que Jamie cumpra essa profecia e acabe por ser o Valonqar.

No entanto, Tyrion e Jaime não são as únicas opções disponíveis para cumprir essa profecia.

Na verdade, é provável que outro personagem acabe sendo o Valonqar. Mesmo que apenas para o programa continuar a tendência de quebrar as expectativas. Se este for o caso, um candidato possível é ninguém menos que “O Cão de Caça”, Sandor Clegane. Em relação à trajetória da série, essa opção faz muito sentido. Para começar, nenhum outro personagem é mais sinônimo de ser um “irmão mais novo” do que o Cão. Exceto, talvez, por Tyrion. Mesmo assim, uma grande parte da caracterização de Sandor é que ele sempre esteve à sombra de seu irmão Gregor Clegane, o Montanha. De fato, a motivação que impulsiona o jovem Clegane durante boa parte da série é a vingança contra seu irmão mais velho.

Certamente, um aspecto controverso sobre essa teoria é que Sandor não é irmão de Cersei. Mas houve vários momentos em que a validade das profecias foi questionada. Especificamente na 7ª temporada, quando se discutia “O Príncipe foi Prometido”, a conselheira de Daenerys, Missandei, corrige a tradução da profecia, especificando que não há distinção de gênero na palavra “príncipe” em Valiriano. Assim, a profecia poderia se referir a um homem ou uma mulher. Isso estabelece uma precedência de que profecias não devem ser tomada de forma literal. Então, ao discutir Cersei e o Valonqar, é perfeitamente plausível que a frase esteja indicando alguém que é definido como sendo um irmão mais novo, mas não necessariamente um irmão de Cersei.

Cleganebowl

Algo que não é bem uma profecia, mas uma das teorias mais esperadas pelos fãs, é o Cleganebowl. Ela sugere, assim como o próprio Sandor o fez no último episódio da 7ª temporada, que os irmãos Clegane estariam destinados a se enfrentar em um duelo final. Há também uma pequena prévia na 1ª temporada. Após perder uma justa para Loras Tyrell, Gregor parte para cima do Cavaleiro das Flores. Mas Sandor entra na frente do guerreiro e salva sua vida, começando uma luta que é parada após os protestos do então Rei Robert Baratheon.

Se esta teoria acabar se concretizando, pode ser que não seja simplesmente pela rivalidade dos irmãos. Gregor parece estar tão longe de sua vida pregressa quanto Bran Stark. Além disso, o arco de redenção pelo qual Sandor está passando pode levá-lo a enfrentar seu irmão como um obstáculo para chegar até Cersei e, depois, matá-la. Isso, é claro, se a personagem não perecer na Batalha de Winterfell. Ainda assim, seria interessante ver o Cão voltar como um White Walker ou um zumbi do exército do Rei da Noite, somente para enfrentar seu irmão com ambos em uma categoria de mortos-vivos.

A lista de Arya Stark

Outra candidata é Arya Stark. Desde sua primeira lista, Cersei está entre os nomes sussurrados em seu mantra pessoal. A garota chegou em Westeros e, depois de devidamente se vingar dos Frey, estava inclusive tomando rumo para Porto Real. Mas ao saber que Winterfell novamente era o lar de sua família, Arya não titubeou e voltou para casa. Contudo, pode se argumentar que Arya não é a irmã mais nova entres os Starks. Mas isso não é bem verdade. Depois da morte de Rickon e da transformação de Bran em Corvo de Três Olhos, Arya é a irmã mais nova de sua geração Stark.

Além de poder matar pela mulher estar em sua lista, Arya também pode usar as suas habilidades para efetivar a profecia de uma maneira um tanto mais complexa. Treinada pelos Homens Sem Rosto, não é impossível imaginar que Arya possa usar o rosto de Jaime Lannister (tenha ela matado o cavaleiro ou não) para se aproximar de Cersei. Assim, Arya nos mostraria uma outra (e não literal, o que é sempre bem vindo no universo da franquia) maneira da profecia se concretizar.

De qualquer forma, é quase certo que Cersei deve ter um fim antes da série chegar ao seu final. Seja a profecia do Valonqar verdadeira, literal ou somente uma ameaça de Maggy que, diferente das demais, não se realizou.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio