Atriz de A Maldição da Residência Hill dá a entender que pode estar na 2ª temporada da antologia

Publicado em 12/06/2019 17:59
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

No ano passado, Mike Flanagan assumiu o comando de uma minissérie de dez episódios da Netflix inspirada no romance de 1959, Shirley Jackson, A Maldição da Residência Hill. Mas para a surpresa do público, foi anunciada uma segunda temporada do show. No entanto, a série tomará uma abordagem antológica, mantendo apenas “A Maldição da” no título.

Assim, irá para outro local, onde uma história diferente será contada com novos personagens. A segunda temporada será chamada A Maldição da Mansão Bly, e é inspirada na novela de Henry James, de 1898, The Turn of the Screw, que conta a história de uma governanta contratada para cuidar de um par de irmãos. No entanto, vários fantasmas em torno de sua mansão exibem um domínio sobrenatural sobre as crianças.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Conforme A Maldição da Mansão Bly avança, está começando a parecer que o estilo antológico deste show permitirá que os atores de uma temporada retornem em diferentes papéis em outra temporada. Dessa maneira, lembrando o que acontece em American Horror Story. Quando perguntado se estaria em Bly Manor, o ator Oliver Jackson-Cohen, intérprete de Luke Crain, disse:

“Eu vou levar um tiro se eu responder a essa pergunta. Eu adoraria responder a essa pergunta. Tudo o que posso dizer é que Bly Manor vai ser incrível. É uma história muito, muito emocionante, pelo que ouvi”.

Agora sua colega de elenco, Carla Gugino, admitiu que ela tem conversado com Flanagan sobre trabalhar novamente em Bly Manor:

“Estamos falando muito sobre isso e vamos ver se todos os horários permitem. Tudo o que posso dizer é que estou muito animada para a segunda temporada e ver o que o Mike faz”.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio