Acusado de morder a própria filha, Jeremy Renner quer diminuir sua pensão por causa do Coronavírus

Publicado em 24/03/2020 21:02
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A pandemia de Coronavírus (COVID-19) está atingindo muitas pessoas, e a indústria do entretenimento basicamente foi colocada em espera. E isso levou a estrela de Vingadores: Ultimato e da série Hawkeye, sobre o Gavião Arqueiro, no Disney+, Jeremy Renner, a pedir aos tribunais que reduzam seus compromissos de pensão.

Após o divórcio com sua ex-esposa Sonny Pacheco, Renner recebeu uma ordem de pagamento mensal de US$ 30.000, de acordo com as informações fornecidas pela TMZ.

Mas agora, com o trabalho supostamente diminuindo e o Coronavírus tornando as coisas ainda mais difíceis, o ator não acha que nenhum dos projetos que ele alinhou será retomado antes do final de 2020. Além disso, Renner acredita que as necessidades básicas de sua ex-esposa e filha podem ser atendidas com o valor proposto de US$ 11.000.

Vale lembrar que os atrasos na produção de Hawkeye não começaram por causa da pandemia, já que a série nem tem uma data de estreia marcada. Afinal, o show já estava atrasado devido a Disney ficar em dúvida na escalação de Jeremy Renner, que foi acusado de morder a própria filha.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio