Alexander Ludwig em Vikings (Fonte: Reprodução)
Alexander Ludwig em Vikings (Fonte: Reprodução)

Spoilers a seguir.

Como se perder Lagertha (Katheryn Winnick) não fosse suficiente, o final da meia-temporada dos Vikings pode ter acabado com o último personagem original que restou. Embora Bjorn (Alexander Ludwig) tenha conseguido convencer Harald (Peter Franzén) a se unir na batalha, muitos dos outros líderes vikings não enviaram suas forças para ajudar na luta, deixando-os mal preparados para o enorme exército russo de Oleg (Danila Kozlovsky), Ivar (Alex Høgh) e Hvitserk (Marco Ilsø).

Mas mesmo que todos os vassalos de Harald tivessem enviado seus guerreiros para ajudar, é improvável que eles pudessem derrotar os Rus, que foram capazes de cercar os vikings graças ao plano estratégico de Ivar de escalar a encosta da montanha. A batalha foi brutal. Por fim, Harald foi forçado a pedir ao seu povo que recuasse, mas já era tarde demais. Os vikings foram massacrados, e Harald estava entre os que caíram em batalha – mas ele não era o único. Depois que os espectadores tiveram visões de Ivar e Bjorn discutindo a batalha e o que os levou a este lugar, Ivar surpreendeu Bjorn no campo de batalha e o esfaqueou no peito. Bjorn entrou em colapso e aparentemente foi deixado para morrer.

Em entrevista ao TV Guide, Ludwig falou sobre essa trágica reviravolta e comentou se os fãs verão novamente Bjorn. Quando questionado sobre a morte da personagem, se há uma possibilidade de um retorno milagroso, o ator revelou que “Essa é a grande questão, eu acho. Terá que trazer os fãs de volta para continuar assistindo. Certamente não parece bom para ele. Eu vou te dizer isso.

O ator também comentou que não acha o momento certo para Bjorn morrer, muito menos pelas mãos de: “Não. No contexto de seu personagem, não. Mas também é por isso que foi perfeito. Ninguém esperaria isso, e é por isso que acho genial. É algo sobre o qual eu falei com o [criador Michael Hirst] de várias maneiras e disse que queria que Bjorn estivesse nas mãos de alguém como Ivar. Se não fosse Ivar, teria sido por sua própria mão ou algo tão trágico que o público ficaria meio chocado com isso. Porque é tão óbvio que Bjorn finalmente chega e alcança toda essa grandeza, derruba seu irmão e salva o dia, e é o que todo mundo quer secretamente. E esse é o tipo de coisa que eu amei na escolha é que ele vai – eu vou lhe dizer uma coisa. Ele não vai sem luta. E se ele ainda está vivo, você verá uma versão de Bjorn de alguma forma.”

A 6ª temporada da série está disponível na Netflix.