Disney+ (Fonte: Reprodução)
Disney+ (Fonte: Reprodução)

Alguns programas do Disney+, serviço de streaming recentemente lançado nos Estados Unidos, Canadá e Holanda contêm um aviso bem original, de “representações culturais ultrapassadas.”

A observação foi feita por Jeva Lange, jornalista do The Week, que notou os avisos presentes em A Dama e o Vagabundo (1955), Um Amor de Companheiro (1966) e Fantasia (1940),mas outras produções também contém.

A descrição alerta: “Este programa é apresentado conforme foi criado originalmente. Pode conter representações culturais ultrapassadas.”

“Isto é realmente interessante. O Disney+ avisa quando os filmes incluem representações racistas” comentou Lange no Twitter.

Esta solução procura precisamente manter o material original, livre de alterações, mas sem deixar de informar o espetador, que pode sentir-se incomodado com eventuais comentários retrógrados e porventura ofensivos.