Críticos estão detonando episódio de Black Mirror com Miley Cyrus: “impossível levar qualquer aspecto a sério”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A aguardada 5ª temporada de Black Mirror estreou na Netflix. Mas acabou trazendo algumas das piores críticas da franquia. Assim, elas chegaram com um especial desprezo pelo episódio Rachel, Jack e Ashley Too, estrelado por Miley Cyrus.

O episódio a encontra como Ashley O, uma estrela pop global lidando com as pressões para manter sua personalidade pop positiva. Enquanto Cyrus tem atraído duras críticas, o episódio como um todo tem sido ainda mais criticado por “sair de cena sem trazer qualquer profundidade”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O que os críticos disseram:

“Isso é uma bagunça”, escreveu Ben Travers, crítico do IndieWire, em sua resenha do episódio. “Essa entrada excessivamente cativante parece o maior desafio de todos. Em algum lugar enterrado dentro do episódio de 67 minutos está uma discussão sobre a substituição de estrelas pop por hologramas e a mineração de memórias para novos materiais comercializáveis. Mas a coisa toda é tão caricatural que é impossível levar qualquer aspecto a sério”.

O crítico da Variety, Daniel D’Addario ficou ainda mais indignado, chamando o episódio de “o mais majestoso equívoco não apenas de Black Mirror, mas também de pelo menos o ano passado na televisão”.

Kathryn VanArendonk, da Vulture, criticou o episódio como “confuso e sem sentido” e escreveu que “termina sem a perspicácia ou o discernimento aguçado que caracterizam as melhores histórias de Black Mirror”. VanArendonk chama a temporada inteira de “extremamente estúpida”.

O crítico do TVLine, Dave Nemetz, concorda que o episódio de Cyrus é o elo mais fraco da temporada. “É uma história medíocre e desiludida de popstar fundida com uma história medíocre de adolescente desajeitado”, ele escreve. “Ele aponta na direção de alguns pontos interessantes sobre a exploração da semelhança de uma celebridade. Mas a maioria de seus insights são extremamente banais, e o ato final toma algumas reviravoltas verdadeiramente ridículas que parecem não ser um (episódio de) Black Mirror”.

A IndieWire o classificou como o quinto pior episódio da história da franquia. Além disso, nenhum dos três episódios da nova temporada conseguiu entrar no top 10 do ranking Black Mirror da IndieWire. O The Independent também classificou o episódio como o pior do novo grupo, escrevendo que “se desenrola a um ritmo estranhamente pesado, deixando de fazer bom uso de seu conceito e de suas estrelas”.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio