“Estou um pouco triste”, revela George RR Martin sobre o final de Game of Thrones

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Game of Thrones está chegando ao final. Pelo menos na televisão. Contudo, o enredo parece estar decepcionando os fãs. Há também a discussão de que o programa pode estar sofrendo de não poder mais beber direto da fonte, os inacabados romance de George RR Martin.

Além disso, o próprio autor foi ficando muito menos envolvido com a série. Em uma entrevista para o 60 Minutes, Martin explicou que sua participação na temporada final foi limitada a “vários dias de conferências de histórias que acontecem na minha casa em Santa Fé, Novo México”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Alguns arcos divergiram dos livros, e o autor tem falado mais abertamente sobre o assunto recentemente. “É claro que você tem uma reação emocional. Quero dizer, eu preferiria que eles fizessem exatamente da maneira que eu fiz? Certo”, revelou Martin para a Rolling Stone.

“Também pode ser … traumático. Porque às vezes a visão criativa deles e a sua visão criativa não combinam, e você obtém as famosas diferenças criativas. Isso leva a muitos conflitos”, disse Martin para a Fast Company.

Segundo o site britânico Expresse, Martin revelou que uma de suas maiores frustrações com o estúdio ou emissora é que “elas têm algo em particular que não tem nada a ver com a história. Mas se relaciona com ‘Bem, esse personagem tem uma popularidade muito alta. Então vamos dar a ele muito mais coisas para fazer’”.

O autor já havia dito anteriormente que gostaria que o programa tivesse mais séries, para dar a todas as suas histórias complexas espaço. Em vez disso, a equipe da HBO removeu completamente algumas personagens ou redesenhou histórias.

“A série não foi completamente fiel. Caso contrário, teria que ter mais cinco temporadas”. Na nova entrevista, ele acrescentou: “Você sabe, é complexo. Estou um pouco triste, na verdade. Gostaria que tivéssemos mais algumas temporadas”.

O final dos livros

Martin discutiu os principais pontos do final com David Benioff e D.B. Weiss há muitos anos. Ambos os lados disseram que estes permanecerão em vigor. Mas o autor admite que haverá algumas variações. “Em certos personagens secundários pode haver grandes diferenças”, disse. Isso não contradiz o que já havia dito anteriormente sobre as diferenças do final da série e dos livros.

O escritor ainda admitiu que as diferenças podem ser, de fato, culpa dele. “Alguns dos desvios, é claro, é porque eu tenho sido tão lento com esses livros. Eu realmente deveria ter terminado essa coisa há quatro anos. E se eu tivesse, talvez estivesse contando uma história diferente aqui”.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio