Lino Facioli como Robin Arryn em Game of Thrones (Fonte: Reprodução)
Lino Facioli como Robin Arryn em Game of Thrones (Fonte: Reprodução)

A última temporada de Game of Thrones não decepcionou somente os fãs da série. Muitos membros do elenco vieram falar sobre o programa. Embora Nikolaj Coster-Waldau tenha defendido o roteiro, assim como Sophie Turner defendeu os roteiristas da petição online, outros reclamaram do fim da série.

Emilia Clarke ficou nitidamente decepcionada com o final dado para a sua personagem na série. O mesmo pode se dizer de Kit Harington, que chamou o fim da série de “decepcionante”. Inclusive, o ator recentemente se internou em uma clínica de reabilitação para stress e alcoolismo, dada a carga emocional do seriado.

Mas quem resolveu polemizar o fim da série foi Lino Facioli, ator brasileiro que participou da série. O ator de 18 anos está na série desde a primeira temporada, interpretando Robin Arryn. No último episódio da série, marcou presença no conselho que elegeu Bran Stark como Rei dos Seis Reinos, já que o Norte se tornou independente.

Mas em uma entrevista para a Folha, o ator disse que se dependesse dele, seu voto teria sido diferente. Ele acha que o herdeiro do Ninho da Águia é quem deveria ter se tornado o Rei de Westeros. “Eu acho que Robin deveria ter ficado com o trono”, disse o ator. “Acabou bem para o Bran”.