Cursed: A Lenda do Lago (Fonte: Montagem/Reprodução)
Cursed: A Lenda do Lago (Fonte: Montagem/Reprodução)

Baseado no romance best-seller de Frank Miller, Cursed: A Lenda do Lago é o mais recente épico de fantasia da Netflix. É a coisa perfeita para assistir se você já passou por Warrior Nun e mal pode esperar pela 2ª temporada de The Witcher.

Cursed reimagina a história lendária do rei Arthur e da Excalibur como uma prequel focada em uma bruxa poderosa chamada Nimue (Katherine Langford). Encarregado de levar a Espada do Poder a Merlin, Nimue une forças com Arthur e Morgana para deter a ascensão dos Paladinos Vermelhos (monges cristãos que caçam e matam todos os povos mágicos e não-humanos, além do poder do rei Uther sobre o reino).

Cheio de voltas e reviravoltas, o final da 1ª temporada é um grande twist para toda a história e define um novo rumo para várias personagens. Então, o que significa a virada final? E como ele define a 2ª temporada de Cursed: A Lenda do Lago?

Season finale de Cursed: A Lenda do Lago

Katherine Langford como Nimue em Cursed: A Lenda do Lago (Fonte: Reprodução)
Katherine Langford como Nimue em Cursed: A Lenda do Lago (Fonte: Reprodução)

Nimue ainda não conseguiu controlar a Espada do Poder no final da 1ª temporada, o que a leva a tomar ações mais violentas quando está de posse da arma. Mas isso não a impede de lutar pelos Fey e de alavancar seu novo status de rainha.

Enquanto isso, o rei Uther e os Paladinos Vermelhos, liderados pelo padre Carden, ainda estão tentando negociar com Nimue para desistir da Espada do Poder. Nimue faz um acordo em troca da segurança dos Fey.

Para surpresa de ninguém, Uther e o padre Carden traem Nimue, lançando um ataque ao povo Fey no momento em que tentam fugir de barco. Arthur revida, ficando cara a cara com a Lança Vermelha, que é revelada como Guinevere. É um encontro memorável e fofo.

Os Paladinos capturam, torturam e matam Gawain, o Cavaleiro Verde, para deter ainda mais os Fey e Nimue. Devastada pela perda de Gawain, Nimue manifesta seus poderes e a grama fresca comece a crescer em torno do corpo sem vida de Gawain. Ele não acorda, mas podemos presumir que ele voltou dos mortos.

O Monge Choroso, um dos paladinos mais poderosos (que consegue rastrear os Fey pelo cheiro) é revelado como Lancelot. Sim, o mesmo que se tornou um dos cavaleiros mais leais do rei Arthur (antes de se apaixonar por sua esposa). Ele revela sua identidade para o Escudeiro, que na verdade é o jovem Percival (também um futuro cavaleiro).

Merlin, cujos poderes mágicos estavam diminuindo, recupera suas habilidades depois de manejar a Espada do Poder em um momento fantástico; ele está evitando saber o que a espada pode fazer com as pessoas. Um raio emana da arma mítica assim que ele a agarra e a primeira coisa que ele faz é decapitar o padre Carden.

Nimue morre no final da 1ª temporada?

Certamente parece que sim. Nimue e Morgana, que foi transformada na Viúva e é capaz de sentir quem morrerá, encontram e tentam resgatar Merlin. No entanto, Iris, uma ex-freira e aliada do Paladino Vermelho, as alcança e atira na rainha Fey com suas flechas. Nimue cai sobre o lado da ponte e na água abaixo em uma referência direta ao início de Cursed, que mostrava Nimue já flutuando no lago.

Claro, Nimue é a personagem principal do programa, por isso é duvidoso que ela esteja realmente morta. Há também o fato de que ela aparentemente pode curar pessoas e ainda precisa explorar toda a amplitude de seu poder.

Dito isto, na lenda arturiana, ela é mais conhecida como a Dama do Lago, por isso, se ela retornar na 2ª temporada da série da Netflix, pode ser de uma forma muito diferente. É possível que os espíritos misteriosos e ocultos que escolheram Nimue para liderar os Fey, de alguma forma a resgatem; ou Nimue faça isso sozinha.

Merlin deveria pelo menos tentar tirar sua própria filha fora do lago, mas ele tem sido um pai muito pouco inspirador até agora. Aconteça o que acontecer, Cursed: A Lenda do Lago forneceu toda a configuração e os antecedentes das personagens para continuar com essa recontagem arturiana.