Netflix humilha Disney+ e HBO com recorde nos prêmios técnicos do Emmy

Pela primeira vez, a gigante do streaming foi a maior vencedora em uma única edição do Creative Arts

Publicado em 13/09/2021 00:06
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Pela primeira vez, a Netflix foi a líder de estatuetas recebidas nos prêmios técnicos do Emmy, chamado de Creative Arts. Foram 34 vitórias, um recorde para a gigante do streaming, na 73ª edição do evento, realizada no domingo (12) e no sábado. A minissérie O Gambito da Rainha (2020) ajudou a plataforma com nove conquistas, a melhor colocada entre os programas de TV.

Em um distante segundo lugar, o streaming Disney+ apareceu com 13 estatuetas. A HBO, tradicional papa-tudo nas premiações hollywoodianas, amargou o terceiro lugar, com dez.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

No ano passado, Netflix e HBO empataram em primeiro lugar, com 19 prêmios. A maior marca anterior da plataforma do tudum foi em 2019, com 23 vitórias, duas a menos do que a HBO.

Xeque-Mate

Sensação no ano passado, O Gambito da Rainha abocanhou nove vitórias nas categorias: escalação de elenco, fotografia, figurino, edição, maquiagem, design de produção, composição musical, edição de som e mixagem.

A atração Love, Death & Robots recebeu seis estatuetas, incluindo curta de animação. Ao receber o prêmio, o diretor Tim Miller agradeceu a Netflix por acreditar em um programa “que ninguém quis“, indicando que fora rejeitado em outras plataformas ou canais.

Pela quarta temporada, The Crown conquistou quatro vitórias, entre elas uma curiosa. A atriz Claire Foy foi agraciada com a estatueta de melhor atriz convidada em série dramática, no papel de rainha Elizabeth II, o mesmo que lhe rendeu o Emmy de melhor atriz na edição de 2018.

O que a Netflix sonha é em repetir essa boa performance na principal noite do Emmy, no próximo domingo (19), na qual serão conhecidos os principais vencedores do Oscar da TV. O Gambito da Rainha mostrou força para brigar de igual para igual com a forte concorrência que há nas categorias de minissérie.

Outros destaques

Entre as séries que mais se sobressaíram nos dos dois dias de premiação, vale realçar The Mandalorian (Disney+), que repetiu o desempenho do ano anterior, ganhando sete estatuetas. 

Também do streaming da Disney, WandaVision se deu bem com três conquistas, colocando a Marvel em uma posição no Emmy na qual nunca esteve.

A irresistível Ted Lasso, do Apple TV+, comprovou o favoritismo ao ganhar o prêmio de melhor elenco de comédia. A série ainda levou edição e mixagem de som.

Confira os principais vencedores dos prêmios técnicos do Emmy:

Por rede de TV/canal/streaming:

1) Netflix: 34 estatuetas;

2) Disney+: 13;

3) HBO: 10;

4) NBC: 7;

5) Apple TV+: 6.

Por série/programa de TV:

1) O Gambito da Rainha: 9 estatuetas;

2) The Mandalorian: 7;

Saturday Night Live: 7;

4- Love Death & Robots: 6;

5) The Crown: 4;

RuPaul’s Drag Race: 4.


Siga o Observatório de Séries nas redes sociais:

Facebook: ObservatorioSeries

Twitter: @obsdeseries

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio