Henry Cavill não conseguiu o papel de Geralt de Rivia em The Witcher tão fácil quanto imaginávamos (Fonte: Reprodução)
Henry Cavill não conseguiu o papel de Geralt de Rivia em The Witcher tão fácil quanto imaginávamos (Fonte: Reprodução)

Henry Cavill estava incrivelmente ansioso para interpretar Geralt of Rivia em The Witcher. A série da Netflix, que se tornou um dos títulos mais populares do streaming assim que chegou ao catálogo, é baseado em uma popular série de livros do autor polonês Andrzej Sapkowski, que também inspirou três videogames homônimos, sendo o último, particularmente, aclamado pela crítica.

Na série, Cavill interpreta o titular “witcher“, um humano que sofreu mutações para matar melhor monstros. Mas o ator, que ficou internacionalmente famoso por interpretar o Superman do DCEU já havia se estabelecido como uma das maiores estrelas de ação de Hollywood da atualidade antes de The Witcher começar a pré-produção, desde Clark Kent em Homem de Aço e August Walker em Missão: Impossível – Efeito Fallout, até Napoleon Solo em O Agente da U.N.C.L.E.

Então, por que ele estava tão empenhado em ser escalado para esse projeto destinado à telinha? Acontece que The Witcher, como o próprio Henry Cavill esclareceu para a Vulture, é um projeto de paixão. Quando o renomado ator britânico soube que uma adaptação da Netflix estava em desenvolvimento, ele supostamente importunou seus agentes para levá-lo a uma reunião com os showrunners.

O astro revelou que há muito tempo é fã dos videogames da franquia, tendo jogado The Witcher 3: Wild Hunt por aproximadamente 250 horas. Os videogames são uma maneira de o ator escapar das pressões de sua vida cotidiana. Assim ele explicou em uma entrevista à GQ Magazine, e embora a série Netflix seja inspirada mais por seu material de origem escrita do que pela franquia de videogames, Cavill estava ansioso para interpretar o famoso Geralt de Rivia.

O ator foi tão insistente que a Netflix finalmente concordou em se encontrar com ele. A essa altura, Lauren Schmidt Hissrich, showrunner de The Witcher, ainda não havia escrito o roteiro, nem tinha uma ideia clara da direção que a série tomaria. Por isso, ela acabou dispensando Cavill. Nos meses seguintes, ela assistiu audições de mais de 200 atores, mas aparentemente não conseguiu tirar a voz de Cavill da cabeça. Hissrich, portanto, se reuniu com ele novamente para um teste, após o que ficou claro que ele era realmente a escolha certa.

Resumindo, Henry Cavill era tão fã da franquia The Witcher que ele conseguiu o papel de Geralt of Rivia na adaptação da série da Netflix. Sua insistência e paixão finalmente convenceram os showrunners de que ele seria o mais adequado para o papel, uma decisão que notavelmente valeu a pena.