Do começo ao fim: dez episódios essenciais de La Casa de Papel

Produção espanhola foi de assalto conceitual à Casa da Moeda a uma carnificina no Banco da Espanha

Publicado em 28/8/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A contagem regressiva está terminando. A quinta e última parte de La Casa de Papel, o volume um com cinco episódios, estreia na Netflix na próxima sexta-feira (3). O público assistiu ao Professor (Álvaro Morte) e sua trupe saírem ilesos da Casa da Moeda, milionários. O mesmo desfecho ocorrerá após o assalto ao Banco Central da Espanha?

Enquanto a nova leva de capítulos não chega na gigante do streaming, o Observatório de Séries separou os dez episódios essenciais de La Casa de Papel, que servem tanto ao aficionado como para o fã novato da trama. O guia relembra como tudo começou, os planos e as reviravoltas mais importantes.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

[Atenção: spoilers a seguir]

Dez episódios essenciais de La Casa de Papel

Primeiro episódio da parte um

Aqui é a base de tudo. O telespectador é apresentado aos personagens da série, descobre qual a origem de cada um e porque foram batizados com nomes de cidade. O agrupamento tem um objetivo: invadir a Casa da Moeda espanhola e imprimir dinheiro até dizer chega (ou próximo do um bilhão de euros). 

Cada integrante da equipe de La Casa de Papel é dono de uma característica, como se fosse uma junção de super-heróis. Tem o hacker (Rio), a especialista em falsificações (Nairóbi), o mestre em cavar túneis (Moscou), e por aí vai.

E logo fica claro que regras estabelecidas para o assalto não fracassar, como evitar a violência e não engatar casos amorosos com colegas da gangue, rapidamente são transgredidas. Descuido que ao longo da série se repete.

13º episódio da parte um

Durante toda a primeira parte, a inspetora Raquel (Itziar Ituño) só fracassou nas negociações e tentativa de capturar o Professor, com quem trocava altas ideais. Finalmente ela recebeu uma boa notícia, com policiais lhe informando sobre a descoberta do QG dos ladrões, uma casa isolada na qual moraram durante meses, estudando o plano infalível.

Pena para Raquel que tudo aquilo só fazia parte do jogo do Professor. O que seria, na visão da inspetora, um depósito de provas de DNA para revelar a identidade dos assaltantes, nada mais era do que uma armadilha. 

Quinto episódio da parte dois

Demorou, mas caiu a ficha para Raquel nesse episódio. A policial, mentalmente, juntou as peças de um quebra-cabeça macabro e concluiu que o amante dela, o barbudo Salva Martín, era na verdade o Professor. Com calma, o convidando para uma transa no banheiro de uma cafeteria, a inspetora deu voz de prisão ao namorado.

Itziar Ituño com Álvaro Morte em reviravolta decisiva de La Casa de Papel (Reprodução/Netflix)

Oitavo episódio da parte dois

Dois acontecimentos significativos ocorreram aqui. Primeiro: os ladrões encontraram o Professor durante a escavação do túnel de fuga, sinal de que o plano estava prestes a ser finalizado com sucesso. 

Segundo: Raquel decidiu de vez prender o Professor, após se arrepender de não ter atirado nele quando teve a oportunidade. Porém, a situação mudou de figura quando ela foi capturada e acorrentada. Os dois tiveram uma discussão e a inspetora tomou uma decisão que transformou a vida dela, que foi mudar de lado e ajudar o bando a escapar ileso da polícia.

Nono episódio da parte dois

A pessoa que admira anti-heróis, principalmente os que combatem o sistema, ficou feliz com o final da primeira temporada. Oslo (Roberto García Ruiz), Moscou (Paco Tous) e Berlin (Pedro Alonso) morreram antes de cruzar o túnel, mas todos os demais saíram ileso, podres de ricos, dando sequência ao plano que era ir para lugares distantes um dos outros e curtir a vida de milionários.

Primeiro episódio da parte três

Esse foi o início da jornada da série sob a tutela da Netflix (as duas primeiras partes foram de responsabilidade da rede espanhola Antena 3). A gigante do stremaing precisou bolar uma ideia para juntar os ladrões de novo.

O truque foi a captura de Rio (Miguel Herrán) pela polícia, aquele indivíduo da gangue que sempre foi tido como o elo mais fraco. Como resposta, o Professor reuniu os antigos alunos, com a adição de novos colegas, para executar outro assalto de cinema: roubar o ouro do Banco da Espanha.

Quinto episódio da parte três

Embora os protagonistas de La Casa de Papel vivem armados até os dentes, o vilão (ou melhor), a vilã mais temida não disparou um tiro sequer. É nesse capítulo que a inspetora Alicia Sierra (Najwa Nimri) assumiu o posto de negociadora do novo assalto. Inescrupulosa, ela não enxergava limites no jogo mental que propôs ao Professor e a Raquel. Ela executou essa estratégia muito bem, por isso irritou os fãs da série que torcem para os mascarados de Dalí.

Najwa Nimri é Alicia Sierra, a vilã mais odiada em La Casa de Papel (Divulgação/Netflix)

Oitavo episódio da parte três

A vilania de Sierra foi evidenciada nesse capítulo. Ela usou um urso de pelúcia para afetar o psicológico de Nairóbi (Alba Torres), um bichinho parecido com o que o filho dela tinha. A inspetora não hesitou em pegar a própria criança para tentar persuadir a ladra a se entregar. 

Assim que Nairóbi foi olhar pela janela do Banco da Espanha o filho de mãos dadas com Sierra, um atirador disparou uma bola no peito da assaltante, obedecendo ordens da chefe policial. Uma das personagens mais queridas da trama ficou entre a vida e a morte.

Quarto episódio da parte quatro

Sierra parecia ser invencível, cheia de si, mesmo após ver um tanque explodir na frente do banco, resultado de uma estratégia equivocada. O Professor deu um olé na inspetora, dizendo a ela que Raquel estava ilegalmente detida, informação que estaria disposta a vazar para a imprensa. Nas cordas, Sierra teve de aceitar uma condição para conter a publicação desse fato: anunciar publicamente uma trégua, que favoreceu os ladrões.

Oitavo episódio da parte quatro

Durante boa parte da parte quatro, os anti-heróis de La Casa de Papel sofreram derrotas atrás de derrotas, algumas irreversíveis. Então, estava mais do que na hora de ocorrer algo positivo para a turma do macacão vermelho. Entrou em cena o Plano Paris.

O esquema espetacular, aproveitando algo que a série tem de bom, se desenrolou com perfeição, tudo para resgatar Raquel da polícia. O Professor voltou à sala de aula e explicou tintim por tintim os detalhes da tática, que funcionou.

Mas essa leva de episódios não poderia terminar assim, em alta para os protagonistas. Mesmo com um mandado de prisão emitido contra ela, a sádica vilã Sierra achou o novo esconderijo do Professor. A parte cinco irá mostrar o que rolou no encontro entre os dois.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio