Entenda como foi feito o escudo do Capitão América em Falcão e o Soldado Invernal

"Uma das fotos mais impressionantes que pensei foi bem no final"

Sam Wilson
Publicidade

Eric Leven, supervisor de efeitos visuais de Falcão e o Soldado Invernal, deu uma entrevista ao CinemaBlend. Ele falou que o escudo do Capitão América precisou ser substituído digitalmente em várias cenas da série.

Essas cenas, em especiais, foram as de luta, e por razões de segurança não daria para usar um escudo de metal real. Durante a cena sangrenta, envolvendo John Walker, também foi usado um escudo de borracha e depois, substituído por CGI na pós-produção.

“A única coisa que eu acho que foi bastante invisível e realmente bem-sucedida foi que o escudo precisava ser substituído em quase todas as tomadas. Uma das fotos mais impressionantes que pensei foi bem no final, quando Sam está segurando o escudo após a luta e limpando o sangue. É um escudo digital com sangue digital nele. Os escudos de borracha normalmente não se parecem 100%, eles se flexionam, então isso precisa ser substituído… As pessoas não percebem que o escudo geralmente é gerado por computador”, disse Eric. Interessante, né?

Continua depois da publicidade

Falcão e o Soldado Invernal

Anthony Mackie como Sam Wilson, o Falcão, em The Falcon and the Winter Soldier
Anthony Mackie comentou os acontecimentos de The Falcon and the Winter Soldier (Fonte: Marvel Studios)

Com Anthony Mackie e Sebastian Stan retornando aos papéis de Sam Wilson e Bucky Barnes, respectivamente, a série verá também a volta de Emily VanCamp como Sharon Carter e Daniel Bruhl como Barão Zemo. Wyatt Russell viverá John Walker, fazendo a estreia do Agente Americano no Universo CInematográfico Marvel.

A estreia da série deveria ter acontecido em agosto de 2020, mas a pandemia do Coronavírus (COVID-19) impediu que a Marvel Studios terminasse as gravações do que seria a primeira série do MCU.

The Falcon and the Winter Soldier está sendo lançada semanalmente às sextas-feiras na Disney+, que você pode assinar clicando no banner abaixo:

Publicidade
© 2022 Observatório de Séries | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade