Seis séries do Globoplay para tapar o buraco de Malhação

Antes da novelinha teen, a Globo exibia na mesma faixa de horarío séries de todos os tipos

Publicado em 29/09/2021 15:39
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A TV brasileira perdeu um dos maiores marcos da história na última terça-feira (28). A Globo anunciou o fim da novela Malhação, após 26 anos no ar e 27 temporadas exibidas. Como opção para tapar o buraco da atração, a emissora carioca poderia olhar para o streaming Globoplay e reviver o tempo no qual, na mesma faixa da programação, ia ao ar seriados americanos, antigamente rotulados de “enlatados”.

Antes de Malhação estrear na Globo em 1995, o final de tarde/começo de noite era ocupado por atrações estrangeiras. E muitas séries clássicas foram exibidas, como Barrados no Baile (1990-2000), As Panteras (1976-1981), SOS Malibu (1989-2001), entre tantas outras.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Mexendo em uma linha aqui e acolá nos contratos, a Globo tem disponível no próprio streaming opções que preencheriam bem a vaga de Malhação, desde produções cômicas a dramas leves, todas voltadas ao público-alvo do horário.

Confira 6 séries do Globoplay que poderiam substituir Malhação

A atriz Eva Longoria na sátira Telenovela (Divulgação/NBC)

Telenovela

Com Eva Longoria no elenco, Telenovela (2015-2016) provocaria uma reação interessante na Globo, pois a série acompanha os bastidores de uma novela latina, daquelas bem tradicionais que foram consagradas no SBT e agora fazem sucesso no Globoplay. A trama satiriza tudo o que se passa em um folhetim; fatos que o brasileiro conhece muito bem.

Duas Garotas em Apuros

A comédia Duas Garotas em Apuros (2011-2017; 2 Broke Girls) acompanhou duas jovens quebradas financeiramente, de origem bem distintas, que trabalhavam em um restaurante para pagar boletos: Maxine “Max” Black (Kat Dennings) e Caroline Channing (Beth Behrs). Com boas piadas e em um formato de sitcom clássico, a série é uma ótima opção para passar o tempo.

Mom

Embora seja uma das comédias que mais tratou de assuntos sociais sérios, Mom (2013-2020) tinha uma veia divertida que ainda é irresistível. A atração vale a pena por explorar a tão conturbada e apaixonante relação entre filha e mãe, vividas por Anna Faris (a Christy) e Allison Janney (a Bonnie), respectivamente.

Sophia Bush no drama teen One Tree Hill (Divulgação/The CW)

One Tree Hill

Eternizada no Brasil como Lances da Vida, One Tree Hill (2003-2012) daria muito certo no fim de tarde da Globo. A trama adolescente contou com uma escola como pano de fundo, tinha esporte (basquete), brigas e uniões familiares, pegação e até um “quadrado” amoroso. 

Charmed

Versão moderna do clássico do final dos anos 1990, Charmed se encaixa na opção de ser um drama teen, protagonizado por atrizes carismáticas, com elementos sobrenaturais no enredo. Três irmãs bruxas assumem a missão de salvar o mundo e pessoas inocentes de demônios e outras forças do mal.

Nancy Drew

Com atores adultos interpretando adolescentes (igual a One Tree Hill), Nancy Drew possui o diferencial de apresentar uma narrativa policial, misturada com suspense e investigação criminal. É quase uma cópia de Riverdale, só que não.


Siga o Observatório de Séries nas redes sociais:

Facebook: ObservatorioSeries

Twitter: @obsdeseries

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio