Gwendoline Christie como Brienne de Tarth e Nikolaj Coster-Waldau como Jaime Lannister em Game of Thrones (Fonte: Reprodução)
Gwendoline Christie como Brienne de Tarth e Nikolaj Coster-Waldau como Jaime Lannister em Game of Thrones (Fonte: Reprodução)

A oitava temporada de Game of Thrones decepcionou parte dos fãs. Então, começou-se uma disputa da internet. Incluindo até as pessoas que trabalharam na série. E uma delas, a atriz Gwendoline Christie, defendeu o final antes mesmo dele acontecer.

Enquanto Lena Headey e Maisie Williams compartilharam desapontamentos, Emilia Clarke disse que ficou perplexa com a atitude de sua personagem, Daenerys. Já Kit Harington chamou o final de decepcionante.

Mas houve pessoas defendendo o fim. Apesar de George RR Martin não revelar o que achou em uma publicação recente, Sophie Turner foi uma das que enfrentou os haters ao se colocar contra a petição online para refazer a última temporada. Mas foi Christie que fez isso há anos atrás.

Em 2017, em uma entrevista ao lado de Nikolaj Coster-Waldau, a atriz adivinhou que Bran (Isaac Hempstead-Wright) sentaria no Trono de Ferro, e ainda advogou por sua aposta:

“Você não acha que vai ser alguém vindo de fora? Você não acha que essa parece ser a escolha óbvia? O que sabemos sobre o programa é que ele sempre surpreende você, então estou me perguntando se pode ser o Bran. Só porque continuamos a ver o mundo a partir da perspectiva dele, não somos nós. Continuamos vendo as visões”, disse Christie.

Coster-Waldau foi na contra-mão:

“O Corvo de Três Olhos como o rei, hein? Não, não, não faz sentido “, ele insistiu