É oficial! Grey’s Anatomy será removida da Netflix no final do ano

A gigante do streaming perde mais uma série âncora popular, um ano após dar adeus a Friends

Publicado em 02/12/2021 10:47
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O momento temido por muitos fãs de Grey’s Anatomy chegou. Todas as 17 temporadas do drama médico vão deixar a Netflix em 31 de dezembro. A plataforma, que perdeu a exclusividade da série no mundo dos streamings no Brasil para as rivais Prime Video, Globoplay e Star+, sofre mais um grande desfalque de uma atração âncora popular, tal qual foi Friends (1994-2004), excluída do catálogo no ano passado.

A remoção de Grey’s Anatomy da Netflix será global, mas não em todos os países que ela está atualmente disponível. A criação de Shonda Rhimes deixará a empresa do tudum no último dia de 2021 também em Hong Kong, no Chile, no Japão, na Malásia, nas Filipinas, em Singapura, na Coreia do Sul e na Tailândia. Em um território importante, nos Estados Unidos, a parceria com a Netflix continua.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Grey’s Anatomy deve muito à Netflix pelo ressurgimento nos últimos anos. Produtores e atores já foram a público dizer o quanto a gigante do streaming foi importante para rejuvenescer a faixa etária de telespectadores, que conheceram a série recentemente após inúmeras maratonas e se juntaram à legião de fãs fiéis desde 2005, ano de estreia da trama.

Netflix anuncia a remoção de Grey’s Anatomy (Reprodução)

Por enquanto, Grey’s Anatomy permanecerá com as 17 temporadas no Prime Video, Globoplay e Star+. A próxima batalha nessa guerra dos streamings é saber qual dessas três plataformas irá trazer a inédita 18ª temporada, atualmente no ar nos EUA. 

Os episódios inéditos dessa leva chegam ao Brasil primeiro na TV paga, pelo canal Sony, com a estreia marcada para 25 de janeiro.

A relação de Grey’s Anatomy com a Netflix sempre foi muito próxima, e o Brasil contribuiu para isso. Até setembro do ano passado, a plataforma era a única casa do drama médico no mundo dos streamings por aqui. Daí chegou primeiro o Globoplay para quebrar essa exclusividade, seguido do Prime Video (da Amazon).


Siga o Observatório de Séries nas redes sociais:

Facebook: ObservatorioSeries

Twitter: @obsdeseries

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio