Magic: The Gatering (Fonte: Yefim Kligerman/Reprodução)
Magic: The Gatering (Fonte: Yefim Kligerman/Reprodução)

Decerto, você já está sabendo que Magic: The Gathering, o popular jogo de cartas, ganhará uma série na Netflix. O anime será comandado por ninguém menos que os Irmãos Russo, que conquistaram o mundo com Vingadores; Guerra Infinita e Vingadores: Ultimato. Não é a primeira vez que os Russo estarão da na TV, tendo trabalhado em séries como Community e Arrested Development.

Agora, no comando da série animada, eles terão mais uma comunidade grande de fãs exigentes para agradar. Mas como eles farão isso? Ainda não sabemos. De fato, pouco se sabe sobre como será feita a série. No entanto, estamos aqui para especular. Um anime precisa ter uma boa história. Mas precisa ter boas personagens também, se quiser conquistar o grande público.

Sabendo que os Planeswalkers devem ser as protagonistas da trama, e que Chandra foi escolhida para a divulgação do projeto, fizemos uma lista com as principais personagens do jogo! Confira abaixo quais as possíveis personagens que veremos no programa, baseados na primeira edição dos Planeswalkers.

Veja também:Quais os Planos que a série de Magic: The Gathering na Netflix pode explorar

Chandra Nalaar (Mana Vermelha – Montanha)

Usada na divulgação do projeto, é quase certeza que veremos Chandra na série. No site oficial de Magic, da Wizards of the Coast, sua biografia é descrita da seguinte maneira:

A sutileza não é uma virtude. Pelo menos não na opinião de Chandra Nalaar. Ela é uma Planeswalker segura de si, explosiva e desafiadora cuja especialidade é a piromancia: mágicas de fogo, fogo e mais fogo. Tendo crescido como maga em um plano de inventores, ela se acostumou a ser a ovelha negra. Na verdade, ela aprendeu a abraçar e celebrar sua independência com o exemplo de seus pais renegados“.

A biografia continua. Contudo, para evitar possíveis spoilers, separamos esse trecho:

Ela fez um juramento de defesa e proteção e se uniu a um grupo de Planeswalkers conhecido como as Sentinelas. Com Gideon Jura, Jace Beleren, Liliana Vess e Nissa Revane, ela viaja pelos planos do Multiverso enfrentando ameaças monstruosas e lutando pela liberdade“.

Dessa forma, podemos ter achado a sinopse oficial do que veremos na Netflix. Mas quem são as Sentinelas?

Gideon Jura (Mana Branca – Planície)

Certamente, Chandra surgiu como uma provocação. Então, sua biografia oficial pode dar dicas. A primeira delas é Gideon Jura. Confira sua descrição oficial:

Diferentemente da maioria dos Planeswalkers, Gideon não hesita em entrar em combate. Este poderoso mago branco é impelido pela lealdade e pratica a hieromancia, a magia da justiça sagrada. Seus fortes princípios morais e seu senso de dever lhe foram úteis como agente da Ordem de Heliud, uma organização que tentou impor a lei ao plano de Regatha“.

Além disso, Gideon é mandado para caçar Chandra. No entanto, para derrotar uma ameça em comum, ambos acabam formando uma aliança improvável.

Jace Beleren (Mana Azul – Ilha)

Brilhante, curioso e sempre no controle, Jace é mestre na magia mental: mágicas de ilusão e leitura de mentes. Seus poderes permitem que ele manipule magos inimigos, anulando suas mágicas ou utilizando-as contra eles mesmos. Um analista nato, ele tem um plano perfeito (e um de reserva) para cada situação“.

Essa é a descrição da personagem, que também faz parte das Sentinelas. Com uma conexão mais forte com Ravnica, o Planeswalker acordou no plano sem memórias. Confira mais trechos para compreender a personagem:

Jace acordou em Ravnica com memórias despedaçadas e sua identidade anterior esquecida. Nessa época, ele nutriu um relacionamento amoroso com Liliana Vess“.

A ausência de memória dele agora alimenta seu apetite insaciável pela verdade e pelo conhecimento“.

Ele acredita que tudo o que existe pode ser compreendido, e sonha um dia saber tudo o que há para saber“.

Liliana Vess (Mana Preta – Pântano)

Linda, astuta e totalmente ambiciosa, Liliana está silenciosamente transformando-se num dos mais atraentes perigos do Multiverso. Ela controla a mais negra das magias: a necromancia. Suas mágicas reanimam os mortos e corrompem os vivos. O carisma negro de Liliana é inegável. Ela é atemporalmente bela e afiada como a lâmina de uma espada. Quando precisou confrontar os limites de sua existência humana, ela se recusou a aceitar seu destino e fez um pacto com os senhores demoníacos para permanecer eternamente no ápice de sua saúde e poder“.

Provavelmente, uma das maiores ameaças do Multiverso. Liliana é conhecida por pensar apenas em si, e é assim que enxerga os outros. Por isso, deve ser tratada como uma espécie de anti-herói.

Nissa Revane (Mana Verde – Floresta)

Obstinada, dedicada e em profunda conexão com a terra, Nissa Revane controla a magia elemental. Ela é capaz de canalizar as linhas de força de mana de um plano, dando vida ao terreno. Quando jovem, Nissa foi renegada por sua vila élfica natal por suas visões assustadoras e seus poderes druídicos. Ela partiu para seguir a voz da própria terra, Zendikar, que pedia sua ajuda para se purificar dos perigos adormecidos dentro de si. Zendikar enviou sua encarnação elemental para ensinar Nissa a conectar-se com a terra e a canalizar seu poder“.

Portanto, a quinta e última a formar o grupo das Sentinelas. De fato, esta é a equipe mais provável de se ver nas telinhas. Mas o jogo tem um lore muito grande para ser relevado. Por isso, confira mais alguns prováveis Planeswalkers que podem aparecer no anime.

Nicol Bolas

Dragão ancestral e tirano de mundos, Nicol Bolas é um dos seres mais antigos conhecidos no Multiverso. Sedento por mana e controlando uma ameaça tripla de mágicas azuis, pretas e vermelhas, ele é uma força de destruição vil, esmagando qualquer magia ou mente que fique em seu caminho. Para Nicol Bolas, nem mesmo todo o poder do Multiverso é suficiente“.

Com essa descrição, não é difícil imaginar que Nicol Bolas é o possível vilão da série. Testemunha de incontáveis guerras, cataclismos e rivalidades, Nicol é o único dos cinco dragões ancestrais a ter sobrevivido à Guerra dos Dragões. Ele também sobreviveu à destruição de seu Império Madara, em Dominária e à Emenda, que curou o Multiverso e consequentemente mudou a natureza inerente da centelha de Planeswalker, o que custou a vida de muitos Planeswalkers.

Nicol Bolas deixou uma Dominária despedaçada antes da Emenda, acreditando que ela não poderia ser salva. Na verdade, ele já havia até começado a planejar seu próximo passo em busca do poder. Há muito tempo, ele começou a recrutar agentes dos cinco fragmentos de Alara, reunindo indivíduos e grupos que pudessem secretamente realizar seus planos.

Esses agentes semearam a discórdia, criando caos e conflito. Sem que ninguém além de Nicol soubesse, os Fragmentos de Alara começaram a se juntar em um plano único. Quando isso acontecer, ele pretende entrar em guerra franca. Por quê? Por causa de sua necessidade obsessiva de recuperar os poderes divinos que possuía antes da Emenda. Naquela época, os Planeswalkers eram metamorfos atemporais, cuja supremacia era limitada apenas pela experiência e conhecimento.