Stephen Amell desabafa sobre CW: “Isso me irritou para c******”

Publicado em 08/11/2020 19:35
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A CW deve parar de tentar fazer o CWverse acontecer. Ele não vai acontecer. Os fãs já rejeitaram unanimemente a mudança de nome, e só porque Arrow não está mais no ar, isso não significa que todo mundo vai simplesmente parar de chamá-lo de Arrowverse.

Como a série que lançou tudo, Arrow foi a base sólida sobre a qual o resto da produção de super-heróis da CW foi construída. Afinal, se não fosse por Oliver Queen de Stephen Amell encontrar inicialmente um público considerável disposto a se sintonizar em uma adaptação semanal de quadrinhos, o experimento do universo compartilhado nunca teria funcionado em primeiro lugar.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O Arrowverse desde então se expandiu exponencialmente para incluir The Flash, Supergirl, Legends of Tomorrow, Raio Negro, Batwoman e o vindouro Superman & Lois, sem mencionar os crossovers anuais, que contaram com participações de shows como Lucifer e Titãs.

E enquanto Stephen Amell pode não fazer mais parte do Arrowverse, ele revelou que não estava nada entusiasmado com a rede tentando ao máximo mudar o nome do universo compartilhado:

“Isso me irritou para c******”, desabafou o ator no podcast Inside of You, de Michael Rosembaum. “Não me importo se eles pararem de chamá-lo de Arrowverse. Mas você não precisa inventar um novo nome. Posso reclamar um pouco disso”.

https://observatoriodeseries.uol.com.br/cw/arrowverse/stephen-amell-revela-que-a-pandemia-do-coronavirus-quase-resultou-na-9a-temporada-de-arrow
https://observatoriodeseries.uol.com.br/noticias/cw-ja-quer-stephen-amell-de-volta-saiba-como-oliver-queen-deve-voltar
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio