Anjos e Demônios; As melhores temporadas de Supernatural segundo Rooten Tomatoes

Publicado em 08/11/2020 22:30
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

É válido afirmar que Supernatural foi uma das maiores séries da década. Apresentando Dean (Jensen Ackles) e Sam Winchester (Jared Padalecki), os irmãos lidam com demônios e espíritos, afim de proteger a terra do mal. A história surgiu em meados de 2005.

Após 15 temporadas, e momentos memoráveis, o seriado terá seu fim transmitido ainda em novembro de 2020. E pensando nessa despedida, abaixo você pode conferir as 10 temporadas que tiveram as melhores notas do público, de acordo com o site Rooten Tomatoes (via ScreenRant).

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

8ª Temporada 

naomi – Supernatural (Fonte: Reprodução)

Começamos destacando a oitava temporada do seriado da CW, onde somos apresentados melhor a mitologia dos anjos. Na trama, Dean retorna do purgatório, e Castiel (Misha Collins), retoma como anjo.

O motivo da respetiva volta de ambos personagens foi por conta de Naomi (Amanda Tapping), um dos maiores anjos do céu que buscava fechar os portões do inferno, logo precisava dos dois. A temporada possui 78% de aprovação pública.

6ª Temporada 

Crowley e Castiel – Supernatural (Fonte: Reprodução)

O novo ano do seriado foi marcado com a saída do criador Eric Kriple, porém a CW acreditava que ainda se havia muito a se explorar. Não é à toa que foram desenvolvidas mais nove temporadas.

Ao decorrer da dos episódios temos Sam voltando do inferno, porém sem sua alma e Castiel surge como antagonista, a mando de Crowley (Mark Sheppard). A temporada tem 80% de aprovação pública.

11ª Temporada 

Amara – Supernatural (Fonte: Reprodução)

Trazendo uma história fora do comum, porém aumentando a antologia entorno de Deus, Amara (Emily Swallow), a irmã do ser celestial que foi expulsa do paraíso é apresentada aos fãs.

O objetivo dela afinal é conquistar sua vingança. A situação faz com que os Winchesters tenham de se unir a Lúcifer para derrota-la. A temporada possui 82% de aprovação pública.

9ª temporada

Dean com a marca de Cain – Supernatural
(Fonte: Reprodução)

A batalha entre seres celestiais veio pra ficar no seriado, já que na nona temporada, Castiel acaba tendo seus poderes arrancados e perde sua graça divina. A situação acaba tornando ele, alvo de anjos e demônios.

No meio dessa trama, Sam e Dean tem divergências sobre diversas situações, que os fazem tomar diferentes rumos. Dean principalmente, aceita a marca de Cain, fazendo com que o demônio use ele como recipiente. A temporada possui 84% de aprovação pública.

1ª temporada

Sam e Dean – Supernatural (Fonte: Reprodução)

Toda história é necessário que tenha um começo, e a primeira temporada do seriado trazia os irmãos resolvendo lendas urbanas comuns. Enviando criaturas ao descanso eterno, ambos agiam como “policiais do além”.

De início, após tantos anos sem se verem, e seguindo rumos diferentes, Dean propõe a Sam que procurem por seu pai juntos, que misteriosamente desapareceu. A temporada possui 88% de aprovação pública.

10ª Temporada

Dean e Crowley – Supernatural (Fonte: Reprodução)

Lembra que chegou a ser citado nessa lista que Dean aceitou a marca de Cain? agora temos Castiel e Sam, lutando para trazer seu irmão de volta, que está sob domínio de Crowley (Mark Sheppard).

E ninguém melhor para tirar o poder que Crowley do que sua própria mãe, Rowena (Ruth Connell). Por mais que a bruxa arranque o male, ele toma uma nova forma. A temporada possui 88% de aprovação pública.

2ª Temporada

Azazel – Supernatural (Fonte: Reprodução)

Em seu segundo ano, a série já trazia uma antologia mais sólida consigo. De qualquer forma, os irmãos precisam lidar com diversos males que surgem ao longo do caminho, principalmente com Azazel (Fredric Lehne).

Quebrando o círculo vicioso de somente dois protagonistas, somos apresentados a novos personagens recorrentes como os Harvelle e Bobby (Jim Beaver). A temporada possui 93% de aprovação pública.

4ª Temporada

Lilith – Supernatural (Fonte: Reprodução)

Quando Lilith (Katherine Boecher) tenta romper os selos que permitirão a entrada de Lúcifer na terra, Castiel busca Dean no inferno, afim de que juntos, derrubem seu plano. Porém a mesma estava precavida.

Colocando Ruby (Genevieve Cortese), um demônio no caminho de Sam, a personagem faz com que o protagonista abrace seu poder sombrio. O desfecho da narrativa é que lúcifer acaba sendo solto. A temporada possui 94% de aprovação pública.

Nota: É cômico afirmar isso, mas Jared e Genevieve hoje são casados.

5ª Temporada

Lucifer – Supernatural (Fonte: Reprodução)

Logo de início é bom ressaltar que a temporada seria a última do seriado, e também marcou a saída de Eric Kripke, já que o mesmo achava que sua história estava concluída.

Levando os acontecimentos anteriores como fatores principais, os Winchesters precisam deter Lúcifer (Mark Pellegrino), porém o mesmo usa Sam como recipiente e Dean se torna o anjo Miguel. Vendo esse cenário os irmãos buscam evitar o pior dos destinos, Sam morto por Dean ou Lucifer solto. A temporada possui 94% de aprovação pública.

Nota: O fator da temporada estar a frente do terceiro colocado se dá por conta da marcante saida de Erik, e também porque seria a última, oficialmente.

3ª Temporada

Sam e Ruby, interpretada por Katie Cassidy inicialmente – Supernatural (Fonte: Reprodução)

Por mais que seja a mais curta entre todas, por ter 16 episódios, diferente dos 22 no qual os fãs estavam habituados, a ideia de formato menor agradou os fãs.

A temporada busca encontrar uma solução para que Dean não acabe no inferno, e isso culmina na aparição de Ruby (Katie Cassidy), que afirma ter a solução desse male. Inclusive temporada começa a fomentar a aparição de Lilith. A temporada possui 95% de aprovação pública.

Nota: O motivo da temporada ser menor se deu por conta de uma greve de roteiristas.

https://observatoriodeseries.uol.com.br/cw/final-de-supernatural-sofreu-mudancas-devido-a-pandemia
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio