Emilia Clarke como Daenerys Targaryen em Game of Thrones (Fonte: Reprodução)
Emilia Clarke como Daenerys Targaryen em Game of Thrones (Fonte: Reprodução)

Antes de descobrirem que eram na verdade tia e sobrinho (e até depois disso, sejamos sinceros), Daenerys Targaryen (Emilia Clarke) e Jon Snow (Kit Harington) foram atraídos um pelo outro romanticamente. Na 7ª temporada de Game of Thrones, Jon jurou que seguiria Daenerys. Mas apesar deles terem consumado essa união, Daenerys sabia que um filho de Jon não nasceria, devido à profecia da bruxa intrigante Mirri Maz Duur (Mia Soteriou) na 1ª temporada. Dany estava convencida de que ela não era mais fértil.

Antes do início da 8ª e última temporada da série da HBO, os fãs especularam que Dany poderia estar grávida de um filho de Jon. Se a teoria tivesse se mostrado verdadeira, ela teria erradicado todos os medos anteriores de Daenerys e estabelecido um sucessor para o Trono de Ferro. Agora, Os Ventos do Inverno, o sexto livro da obra literária As Crônicas de Gelo e Fogo de George R.R. Martin pode (e deve) responder à pergunta de se Daenerys pode ter filhos.

Já abordamos aqui como o próximo livro da saga, que está sendo escrito agora durante a quarentena proporcionada pela pandemia do Coronavírus, poderia consertar o arco de Jamie Lannister, interpretado na série por Nikolaj Coster-Waldau, e que não agradou aos fãs da série de fantasia medieval da HBO. Agora falaremos sobre como um novo arco, cujo final foi ainda mais odiado pelo público, pode também ser consertado pelo próximo livro da saga.

O filho de Dany

Na 1ª temporada, Daenerys se casou com Khal Drogo (Jason Momoa) e ficou grávida de seu filho, Rhaego. A criança nasceu morta, provavelmente devido à magia do sangue de Mirri Maz Duur. A bruxa finalmente usou a vida de Rhaego para ajudar a restaurar a de Drogo. No entanto, o líder Dothraki permaneceu em estado vegetativo e nunca se recuperou. Mirri profetizou que Drogo voltaria ao seu antigo eu quando “o sol nascesse no oeste e se pusesse no leste. Quando os mares secarem e as montanhas soprarem ao vento como folhas”.

Daenerys culpou Mirri Maz Duur pela morte de seu marido e filho, e queimou a místico na pira funerária de Drogo. Ainda assim, a profecia de Mirri assombrou Dany pelo resto de seus dias. É por isso que ela era tão protetora com seus três dragões. De certa forma, eles preencheram o vazio das crianças humanas que ela acreditava que não podia mais ter. Na penúltima temporada, ela disse a Jon Snow que eles seriam os únicos filhos que ela teria.

A profecia de Mirri Maz Duur

Contudo, o fato é que Mirri Maz Duur nunca disse que Daenerys nunca teria filhos. De fato, Game of Thrones deixou de fora uma parte substancial da profecia dos livros de Martin, o que pode sugerir que Drogo retorne quando Dany tiver outro bebê. Ter outro filho não era questão de se, somente quando.

“Quando seu ventre se acelerar novamente e você der à luz a uma criança viva. Então ele voltará, e não antes”, disse Mirri Maz Duur.

Deixar de lado essa parte da profecia pode ter mudado o resultado da série. É claro que no final do show Daenerys foi morta por Jon, descartando qualquer possível desdobramento sobre a possibilidade dela ter filhos e como funcionaria a sua sucessão do Trono de Ferro.

No entanto, Os Ventos do Inverno está pronto para oferecer mais da perspectiva de Dany, o que significa que Martin poderia finalmente resolver o problema da infertilidade presumida da Mãe dos Dragões. A profecia parece implicar que ela conceberá mais uma vez em algum momento no futuro. E seu filho pode nem ser de Jon que, apesar das apostas de seu retorno serem seguras, ainda está morto nos livros.

É possível que Dany esteja grávida novamente até o final de Os Ventos do Inverno e, embora Drogo possa nunca ressuscitar, seu profetizado “retorno” sugere que Dany nomeará seu filho em homenagem a ele. Aconteça o que acontecer, esperamos que os livros forneçam as respostas que o programa nunca forneceu.