Com WandaVision, MCU pode ter descobrido uma maneira de 'trapacear' a morte (Fonte: Reprodução)
Com WandaVision, MCU pode ter descobrido uma maneira de 'trapacear' a morte (Fonte: Reprodução)

A morte de personagens quase nunca é algo eterno nas HQs. E parece que o Universo Cinematográfico Marvel encontrou em WandaVision uma maneira de trazer isso para seus filmes e séries. Com a série da Disney+ preparando o terreno para Doctor Strange in the Multiverse of Madness, segundo filme da franquia Doutor Estranho, Tony Stark, o Homem de Ferro, e as demais personagens mortas no MCU podem acabar retornando.

Segundo o CBR, as diferentes realidades que veremos no novo longa protagonizado por Benedict Cumberbatch terão ligação direta com Wanda Maximoff, a Feiticeira Escarlate (Elizabeth Olsen), que estará no filme após protagonizar sua própria série ao lado de Visão (Paul Bettany).

Como já vimos no trailer, Visão retornará no show após sua morte em Vingadores: Guerra Infinita. Portanto, trazer personagens mortas de volta à vida é algo que sabemos que o show fará. Não à toa, rumores apontam o retorno de Aaron Johnson como Pietro Maximoff, o Mercúrio, que deixou o MCU em Vingadores: Era de Ultron.

Quem retorna?

Os rumores apontados pelo site não confirmam nenhum nome. No entanto, um vídeo de audição do programa vazado anterior sugere fortemente que Mercúrio deve aparecer no show. Se já há a confirmação de Visão e a especulação de Pietro, outras personagens podem retornar graças ao show.

Com a série servindo de uma prequel para o longa do Doutor Estranho, e com os trailers mostrando décadas diferentes em WandaVision, é especulado que o multiverso que será explorado pelo filme pode aparecer na série da Marvel Studios. Assim, novas realidades abririam a oportunidade de trazer personagens que, de alguma forma, sobreviveram em linhas temporais paralelas.

Essa é a perfeita oportunidade de trazer favoritos dos fãs como Yondu (Michael Rooker), que deixou o MCU em Guardiões da Galáxia Vol. 2, Viúva Negra (Scarlett Johansson), que se sacrificou em Vingadores: Ultimato e até mesmo Tony Stark (Robert Downey Jr.). Dessa forma, as personagens poderiam voltar sem tirar o peso de seus sacrifícios.

Além disso, a exploração de realidade paralelas abrem as portas para Stark, Yondu ou Natasha Romanoff retornarem sem necessariamente trazer de volta seus intérpretes originais. Apesar de Johansson continuar no MCU com seu filme prequel prestes a estrear e Rooker estar presente em rumores sobre uma série prequel de Yondu no Disney+, trazer de volta uma estrela como Downey Jr. é certamente mais complicado. Portanto, optar por uma ideia como a do Arrowverse, trocando atores para realidades alternativas, pode ser uma boa opção.

Seja como for, a certeza de que a Marvel irá explorar realidades paralelas é um fato. Loki, série que também está diretamente conectada ao segundo filme do Doutor Estranho irá mostrar o Deus da Trapaça (Tom Hiddleston) saltando através do tempo, espaço e realidades alternativas. Ainda, What If…? também irá explorar linhas temporais diferentes do MCU. Isso tudo deve normalizar o multiverso na franquia. E, provavelmente, o retorno dos mortos.