“Boruto: Naruto Next Generations”: Escritor desabafa sobre pirataria

Boruto: Naruto Next Generations por sua popularidade acaba sendo pirateado proporcionalmente

Publicado em 23/05/2021 22:00
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Boruto: Naruto Next Generations é um dos mangás mais bem-sucedidos da atualidade. E exatamente por sua popularidade, o mangá também é pirateado proporcionalmente e um dos nomes por trás da obra está profundamente irritado com isso. Através de seu perfil pessoal no Twitter, Ukyou Kodachi demonstrou sua revolta com quem consome produtos ilegais e piratas.

Confira o desabafo:

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Por favor, leiam a edição oficial. Mangás não são conteúdos gratuitos. Não copiem. Obrigado!”

Vale acrescentar que embora a pirataria já tenha se tornado banalizada na era digital, é completamente compreensível o posicionamento de Kodachi, uma vez que seu trabalho depende diretamente das vendas dos volumes e capítulos oficiais. Faz todo o sentido que ele esteja pedindo aos fãs para pararem de consumir produto pirata, especialmente dentro do Japão onde o acesso a esses conteúdos é bem mais fácil.

Boruto: Naruto Next Generations é uma série de mangá escrita por Ukyō Kodachi e Masashi Kishimoto, e ilustrada por Mikio Ikemoto. O mangá começou a ser serializado mensalmente com Kodachi como escritor e Kishimoto como supervisor editorial No entanto, em novembro de 2020 Kodachi deixou o cargo de escritor e Kishimoto assumiu em seu lugar. 

Boruto é um spin-off e uma sequência de Naruto. A trama se passa vários anos após o fim da Guerra Shinobi, e o filho de Naruto, Boruto, está prestes a entrar nos exames Chûnin ao lado de Sarada Uchiha e do misterioso Mitsuki. No Brasil, os animes de Boruto e Naruto podem ser assistidos na íntegra com legendas em português através da Crunchyroll.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio