Attack On Titan: Polícia japonesa prende suspeito que tentou incendiar estúdio do anime

O Estúdio já havia recebido ameaças

Publicado em 29/05/2021 22:30
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Segundo o site comic book, a polícia japonesa prendeu um suspeito que tentou atear fogo ao WIT Studio, o estúdio que está por trás de obras famosas como Attack on Titan’s (3 primeiras temporadas), Vinland Saga, Kabaneri of the Iron Fortress, Great Pretender, Vivy: Flourite’s Song e mais. De acordo com o relatório da da polícia de Tokyo, o preso tem 25 anos e já havia mandado um email ao estúdio ameaçando-o de colocar fogo. A policia suspeita que ele sofra de problemas mentais.

Não é surpresa ver que a polícia conseguiu agir tão rápido e conseguiu neutralizar a ameaça visto que há 2 anos teve a trágia do estúdio da Kyoto Animation acabou causando um grande impacto na socieade e na industria.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio